• Visualizações 1121

Formação para o cuidado com usuários de Crack e outras drogas

A Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Coordenadoria do Terceiro Setor (CTS) e o Gabinete do Vice-prefeito, está promovendo o Curso de Formação para o Cuidado de Usuários de Crack e Outras Drogas. Nas formações, que se iniciaram na tarde de quarta-feira, 21 de outubro, 205 funcionários da Prefeitura, envolvendo as mais diversas áreas, como Saúde Mental, Educação, Assistência Social, Guarda Municipal, entre outros, aprenderão a como lidar, de uma maneira intersetorial, com essa questão, que está presente em todos os setores do cotidiano. “Hoje em dia, as pessoas, de maneira equivocada, pensam que as drogas são um problema apenas da área da Segurança. Queremos desmistificar isso, mostrando que se trabalharmos todos juntos, poderemos combater com mais efetividade esse mal”, apronta o vice-prefeito Roque Serpa. As aulas são ministradas por profissionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A técnica em enfermagem, da Unidade de Saúde da Família (USF), Sandra Maria dos Santos, participou da aula de acolhimento e mapeamento da primeira turma. Sandra conta que resolveu participar da formação para melhorar o atendimento na USF e orientar outras pessoas em relação as drogas. “Cada vez mais atendo usuários de drogas na Unidade, e são das mais variadas idades. Quero poder auxiliar a minimizar essa questão, que envolve e muito, o setor de Saúde”, comenta a técnica em enfermagem.

De acordo com a CTS, serão compostos cinco grupos interdisciplinares e intersetoriais, orientados pela lógica da territorialidade, com a realização de três seminários com todos os cinco grupos, totalizando 19 horas. Ao todo, serão sete encontros presenciais quinzenais, totalizando 21 horas. Por fim, serão realizados horas de dispersão, nas quais serão explorados as questões do serviço e do território.

Fotos:  Jorge Boruszewsky

Compartilhar

Nasa alerta: El Niño deste ano deve se igualar ao mais forte já registrado

Avançar »

2ª etapa da vacinação contra o HPV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*