• Visualizações 597

Em 2013, Deputados estaduais gastaram 30,4% a mais em diárias

Parlamentar que mais recursos utilizou foi Miki Breier (PSB). Ao todo, recebeu R$ 47,9 mil por 81 diárias. Breier esteve em Montevidéu, Buenos Aires, Córdoba e Tel Aviv.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter) 

Em 2013, os deputados estaduais somaram mais de 2,7 mil diárias em deslocamentos oficiais. O gasto com o benefício chegou a R$ 1,44 milhão – número 30,42% maior do que o valor de 2012 (R$ 1,1 milhão).

O parlamentar que mais recursos utilizou, segundo o Portal da Transparência, foi Miki Breier (PSB). Ao todo, ele recebeu R$ 47,9 mil por 81 diárias. Uma das viagens, apesar de paga em 2013, data de dezembro de 2012.

As demais são do ano passado e correspondem a visitas feitas a municípios dentro e fora do Estado. Breier também esteve em Montevidéu, Buenos Aires, Córdoba e Tel Aviv.

Os percursos são justificados, segundo Breier, pelas atividades de seu mandato. Ele é presidente da União de Parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul e vice-presidente da União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais. Além disso, coordena seis frentes parlamentares.

“O trabalho é de representação, por isso é importante que circule. Não dá para ficar trancado no gabinete. Mesmo assim, sou um dos que menos falta às sessões”, afirma Breier.

Por ano, cada deputado tem direito a 84 diárias. Em 2013, 19 deles contabilizaram 65 ou mais e, com isso, receberam acima de R$ 30 mil cada.

Entre os mais econômicos, aparecem Nelson Härter (PMDB), que gastou R$ 233,05 para ir a Rio Grande, e Mano Changes (PP), com uma conta de R$ 884,22. O valor se refere a uma viagem a Brasília feita em dezembro de 2012. Não há registros em 2013.

Uma das explicações, segundo Mano, é a conciliação entre a carreira artística e a vida parlamentar. Quando tem um show no Interior, o músico diz que costuma viajar antes para ouvir as demandas locais. Ele garante usar dinheiro do próprio bolso.

“Só em 2013, poupei R$ 380 mil em recursos aos quais teria direito. Tenho menos assessores do que poderia e não uso a verba para combustível. Faço isso para dar o exemplo. Só porque o dinheiro não é meu, não significa que tenho de gastar tudo”, diz.

Informações de zh

FOTO: reprodução / simaosessim.com.br

Compartilhar

Criada após protestos, Lei Anticorrupção entra em vigor nesta quarta

Avançar »

Brasil é eleito para presidir Comissão de Construção de Paz da ONU

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*