• Visualizações 474

Inmetro regulamenta uso de cadeirinhas fixadas no banco de trás dos carros

Medida considera mais segurada comparada com sistema via cinto de segurança deve entrar em vigor até o ano que vem.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro regulamentou o uso do sistema Isofix para a fixação de cadeirinhas e bebê conforto nos carros, para o transporte de crianças no banco traseiro. Os requisitos mínimos de segurança para o uso do dispositivo foram divulgados nesta quinta-feira, dia 16.

A norma, que servirá de parâmetro para a fabricação de novas cadeirinhas, deverá entrar em vigor até o ano que vem. Para o diretor de Avaliação de Conformidade do Inmetro, Alfredo Lobo, o ato resolve uma questão do programa de certificação das cadeirinhas. Atualmente presas no banco traseiro dos carros através do cinto de segurança, elas passarão agora por um sistema de travas nas cadeirinhas acopladas a ganchos.

“A vantagem é que, com o Isofix, é muito mais fácil e segura a fixação do que por meio do cinto de segurança. Essa é a grande diferença que levou a Europa e os Estados Unidos e, agora, o Brasil a adotar esse mecanismo”, explicou o diretor.

Após a publicação do Inmetro, a expectativa é de que as empresas redesenhem modelos de cadeirinhas com o gancho e que aumente o número de veículos com o Isofix. A barra de ferro com os ganchos no banco traseiro deve vir de fábrica e só está disponível em 5% dos veículos. O Senado discute se o item deve ser obrigatório por meio de um projeto de lei, e aguarda votação pela Comissão de Constituição de Justiça – CCJ. Se aprovado, poderá ser exigido das montadoras.

O número de crianças menores de 10 anos mortas em acidentes de trânsito no Brasil caiu 23%  em função da Lei da Cadeirinha. A legislação passou a exigir o uso de equipamento de segurança certificado pelo Inmetro para o transporte de crianças até sete anos, sempre nas cadeirinhas e no banco de trás.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / negociol.com

Compartilhar

Governador Tarso Genro sanciona novo mínimo regional

Avançar »

CDL-NH participa da maior feira de lojistas do mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*