• Visualizações 445

Número famílias gaúchas endividadas chega a quase 70% em setembro

Índice cresceu quase 2% de agosto para setembro. Os principais tipos de dívidas aconteceram por meio de cartões de crédito e carnês, diz pesquisa.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Quase 70% dos gaúchos estavam endividados em setembro, é o que informa a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência das Famílias gaúchas – Peic RS divulgada nesta quinta-feira, dia 26.  De acordo com o estudo, o índice cresceu 1,9% desde agosto, atingindo 68,4% das pessoas do estado.

Mesmo com esta elevação, em média, o percentual de famílias endividadas nos nove primeiros meses de 2013 foi 7% menor do que o registrado em 2012. Ainda sim, este é o segundo resultado mais elevado neste ano. Comparado com índices históricos, o percentual pode ser considerado como “saudável” (a média da série é de 67,1%). O número de famílias endividadas na comparação com o mês passado não causou impacto no índice daquelas que se declaram “muito endividada”, que caiu de 14,9% em agosto para 13,4% em setembro.

De acordo com o presidente da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul  (Fecomércio-RS) Zildo De Marchi, o  baixo crescimento da atividade econômica, os reflexos da inflação sobre a alta no consumo e a maior seletividade dos bancos na concessão ajudaram a manter o índice de famílias endividadas em 2013 inferior do que o registrado no ano passado.

Os maiores casos de dívidas são de cartão de crédito (74,6%), carnês (15,2%) e crédito pessoal (11,1%).  O tempo de comprometimento com dívidas recou de 6,9 meses (ago/13) para 6,8 meses (set/13).

Informações de Correio do Povo

FOTO: ilustrativa / uol.com.br

Compartilhar

Corona é a marca mais valiosa da América Latina

Avançar »

Segundo Ibope, Dilma Rousseff abre 22 pontos de vantagem sobre Marina Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*