• Visualizações 465

Índice que reajusta aluguéis marca inflação no início de julho

Taxa usada para reajustar contratos de aluguel, ficou em 0,95%, ante 0,68% em junho. A inflação acumula variação de 4,17% no ano e de 6,27% nos últimos 12 meses.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado – IGP-M registrou alta na primeira prévia de julho deste ano, em relação ao mês anterior.

De acordo com a Fundação Getulio Vargas – FGV, a taxa, usada para reajustar contratos de aluguel, ficou em 0,95%, ante 0,68% em junho. A inflação acumula variação de 4,17% no ano e de 6,27% nos últimos 12 meses.

A alta da taxa de inflação foi influenciada principalmente pelo subíndice de Preços ao Produtor Amplo – IPA, que registrou variação de 1,25% na primeira prévia de julho, superior ao 0,64% da primeira apuração de junho. Entre os destaques do subíndice está o aumento do preço dos combustíveis de 5,24%.

O subíndice de Preços ao Consumidor – IPC repetiu a taxa de 0,19% observada na primeira prévia de junho. A principal alta ocorreu na classe de despesas de alimentação, que passou de 0,32% para 0,61% no período.

O terceiro subíndice que compõe o IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção – INCC apresentou um comportamento diferente, ao registrar queda no ritmo da inflação de 1,99% em junho para 0,79% em julho.

Para calcular a primeira prévia do IGP-M de julho, foram analisados preços coletados entre os dias 21 e 30 do mês de junho.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / virginhaonline

Compartilhar

Agergs aprova o aumento do valor das passagens de ônibus intermunicipais

Avançar »

Prêmio da Mega-Sena, acumulado, está estimado em R$ 27 milhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*