Novo documento de identidade custará R$ 40

Redução do valor R$ 15 está sendo estudada. Alto custo é explicado pelo novo formato: um cartão magnético com chip.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Os brasileiros terão de pagar pelo documento que substituirá o RG a partir de julho, de acordo com reportagem publicada no jornal Folha de S. Paulo nesta terça-feira, dia 03.

O Registro de Identidade Civil – RIC está orçado pelo governo em R$ 40. Alternativas para reduzir esse valor para R$ 15 estão sendo estudadas pelo Executivo. Atualmente, 11 estados, além do Distrito Federal, oferecem o documento de graça.

Segundo a publicação, o alto custo para a confecção do documento é o que tem atrasado a substituição progressiva do RG, lançada pelo governo Lula e inicialmente prevista para janeiro.

O governo alega que o custo do RIC é mais alto do que o do RG porque se trata de um cartão magnético com chip que terá certificação digital, o que permitirá usá-lo em operações na Internet.

Informações de portal Terra

FOTO: reprodução

Compartilhar

Imposto de Renda: Receita libera programa para “atrasados”

Avançar »

Mega-Sena acumula e pode chegar a R$ 35 milhões

5 comentários

  1. 3 de maio de 2011

    R$40,00 VAMOS COMER O QUE O SALARIO JA E UMA MERDA PQ O SALARIO NAO AUMENTA

    Responder
  2. 3 de maio de 2011

    Acho,uma palhaçada,ter que pagar por algo que o governo que quer mudar,pois se os nossos deputados,senadores,em geral nossos políticos nos usurpam o ano todo ,eles que deveriam custiar esse novo documento,tem gente que não tem 1 real,p/comprar um paõzinho,como vai conseguir tirar esse novo documento,é fomos nós que pusemos eles lá, agora nós que temos que aguentar.

    Responder
  3. cristiane galvao
    4 de maio de 2011

    É absolutamente incorreto exigir que paguemos pelo documento pois pela lei toda primeira via de documento tem que ser gratuita, a exemplo das certidões de nascimento,óbito,identidade.Quando trata-se de segunda via é que se paga o ônus.Em relação a CNH a pessoa paga porque é uma opção, as pessoas não têm obrigação de aprender a dirigir, se tivesse seria gratuito também.Cabe mandado de segurança pra essa abitrariedade do governo.Quer dizer que quem for pobre ficará sem documentos? ou vai ter que roubar pra pagar???

    Responder
  4. cristiane galvao
    4 de maio de 2011

    Tenho certeza que a via dos parlamentares vai sair de graça! ou melhor dos nossos bolsos, além de pagarmos a nossa via vamos ter que pagar a deles, da familia deles, dos amigos deles, dos funcionários deles, dos cachorrinhos deles também!!!!

    Responder
  5. Claiton
    4 de maio de 2011

    Creo que es muy caro para las familias pobres que vivem com la ajuda del gobierno brasileno.
    Oí hablar que mucho senadores e deputados ganam mucho dinero para hacer nada. además ellos non tienen qualificacion necesaria para este trabajo.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*