• Visualizações 915

Índice que reajusta aluguel fica em 1,2% na 2ª prévia do mês

Resultado ficou acima das estimativas dos analistas do mercado financeiro, que esperavam uma elevação entre 0,85% e 1,17%.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado – IGP-M foi de 1,20% na segunda prévia de novembro, acima da taxa de 0,89% apurada em igual período do mês passado.

O resultado, anunciado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV nesta sexta-feira, dia 19, ficou acima das estimativas dos analistas do mercado financeiro, que esperavam uma elevação entre 0,85% e 1,17%. A mediana das expectativas estava em 0,95%.

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem o IGP-M. O Índice de Preços por Atacado – Mercado – IPA-M subiu 1,55% na segunda prévia do mês, após avançar 1,16% em igual período de outubro.

Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor – Mercado – IPC-M teve alta de 0,59% na segunda prévia de novembro, ante taxa positiva de 0,47% na segunda prévia do mês passado.

O Índice Nacional do Custo da Construção – INCC registrou taxa positiva de 0,29% na segunda prévia do indicador deste mês, após registrar alta de 0,15% na segunda prévia de outubro.

A taxa acumulada do IGP-M geralmente é usada no cálculo de reajuste nos preços dos aluguéis. Até a segunda prévia de novembro, o IGP-M acumula alta de 10,29% no ano e de 10,00% em 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo da segunda prévia do IGP-M deste mês foi de 21 de outubro a 10 de novembro.

Informações de Agência Estado

FOTO: ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Preso aluno suspeito de quebrar braços de coordenadora no Rio Grande do Sul

Avançar »

Prêmio da Mega-Sega acumula em R$ 8 milhões

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*