• Visualizações 943

Mais de 2 mil vidas foram salvas com a Operação Golfinho

Neste ano, o litoral gaúcho teve quarto maior índice de salvamentos no mar dos últimos 10 anos. No Litoral Norte os salva-vidas seguem trabalhando em alguns pontos até o dia 08 de março

A Operação Golfinho que disponibilizou salva-vidas pelo litoral gaúcho desde 19 de dezembro encerrou no último domingo, 28, tendo realizado 2.096 salvamentos no mar. O índice é o quarto maior volume de casos em dez anos.

A faixa etária de maior incidência de resgates foi entre 11 e 15 anos e a praia com maior número de salvamentos foi Capão da Canoa. No período da Operação, 13 pessoas morreram afogadas e, deste número, seis entraram na água fora do horário de trabalho dos salva-vidas ou em locais sem guaritas.

Após o fim da Operação Golfinho, o Litoral Norte, de Quintão a Torres, ainda contará com 182 salva-vidas atuando nos pontos mais movimentados e com maior incidência de afogamentos até o dia 08 de março. 

Foto: reprodução Estado RS

Compartilhar

Barracas de praia são destruídas pelo mar no Estado

Avançar »

Murilo Rosa e Karina Bacchi gravam comercial em Porto Alegre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*