Cai a proporção de mortes violentas no Brasil, aponta IBGE

Única região que não seguiu essa tendência entre 2002 e 2010 a Nordeste, onde mortes violentas entre os homens aumentaram.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Entre as mortes registradas no Brasil, a fatia que corresponde às violentas caiu entre os anos de 2002 e 2010, de 16,3% para 14,5% para os homens e de 4,5% para 3,7% entre as mulheres.

Em 2010, foram registradas 1,112 milhão de mortes no país, sendo 108.633 por causas violentas. Os dados fazem parte das Estatísticas do Registro Civil 2010, divulgados nesta quarta-feira, dia 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Segundo o levantamento, a única região que não seguiu essa tendência no período de oito anos foi a Nordeste, onde as mortes violentas entre os homens aumentaram de 13,4% para 16,4%.

O documento ressalta que, entre os jovens na faixa etária de 15 a 24 anos, a proporção de mortes masculinas violentas é “consideravelmente superior” às femininas, chegando a 78,6% no Espírito Santo. De acordo com a pesquisa, as informações apontam que “o fenômeno da violência é bastante generalizado, envolvendo um número expressivo de áreas geográficas de todas as regiões brasileiras”.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Comércio eletrônico atinge 32,3 milhões de usuários únicos

Avançar »

Um Brasil mais velho: expectativa de vida aumenta três meses em 2010

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*