Miss Universo 2011: Representante de Angola usou vestido de R$ 19 mil feito por estilista mineiro

Alexandre Dutra revela o que usou para elaborar o vestido de gala de Leila Lopes: renda francesa, cristais e plumas douradas.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

“Só de cristal e renda eu gastei em torno de R$ 9 mil e R$ 10 mil.” É o que conta o estilista responsável pelo vestido de gala da mulher eleita a mais bonita do mundo, a angolana Leila Lopes, 25 anos. O mineiro Alexandre Dutra, 39, revela que a peça custou cerca de R$ 19 mil.

Leia Mais

Miss Universo 2011: Mulher mais bonita do mundo revela ser tímida

“Eu fiquei feliz porque achei que o vestido fez a diferença. Ela ganhou o título ali”, comemora Dutra, que usou renda francesa bordado com cristais Swarovski e plumas pintadas em tom dourado na confecção da roupa. Ele esteve na plateia do Miss Universo 2011 na segunda-feira, 12, e voltou para Belo Horizonte nesta terça, 13.

“Eu estive com ela na suíte, ela me recebeu. Ela estava em êxtase, não estava acreditando. Leila disse que agradecia porque achou que o vestido passou segurança”, conta o estilista. Dutra diz que tinha certeza de que a representante de Angola ficaria entre as finalistas. “Eu olhava para ela e via que se encaixava dentro dos critérios. É uma menina doce, culta, estudou em Londres.”

MISS BRASILEIRA – O vestido que a brasileira Natália Guimarães usou no Miss Universo em 2007 também foi obra do mineiro. Ela ficou em segundo lugar, perdendo para a japonesa Riyo Mori. “Eu me senti muito bem, compensado pelo que aconteceu com a Natália Guimarães. Acabou que eu consegui realizar dentro do meu país o sonho de vestir a miss Universo”, diz.

Há 10 anos Dutra veste as representantes de Angola. Ele ainda se mostra magoado, no entanto, por não ter feito o vestido da brasileira neste ano. “Eu achei que, devido aos anos que eu vesti a miss Brasil, no ano que o concurso foi no meu país eu tinha esse direito.”

Idioma aproximou estilista

das misses angolanas

Dutra explica que as misses de Angola conheceram o seu trabalho pelo fato de também falarem português. Durante 13 anos foi o responsável pelo traje de gala das brasileiras nos concursos de Miss Universo e, como as representantes do Brasil geralmente dividem o quarto com as angolanas, porque as duas nacionalidades falam o mesmo idioma, elas conheceram o trabalho do estilista.

O estilista revela que Leila Lopes, que comprou o vestido, fez apenas uma prova do vestido. Foi durante uma visita ao Rio de Janeiro, pouco antes do concurso. “Ela não sabia a cor, não sabia nada, deixou por minha conta. Só falou para eu não usar cores como pink, vermelho, laranja e amarelo. Ela veio ao Rio, fez uma prova, que foi o suficiente. Ela tem um corpo muito fácil. Para quem mexe com costura, é um corpo ideal.”

A então miss Angola só fez um pedido ao estilista: que o vestido tivesse uma fenda. “Ela disse que gostava de fenda. E ela sabe carregar uma fenda, então eu podia ousar um pouco mais nisso”, conta. O estilista fez ainda outra opção de vestido para ela escolher, na cor branca, mas Leila não teve dúvidas. “Ela disse: ‘Eu me senti com a coroa dentro daquele vestido’”.

Confira na foto abaixo o vestido de gala de Leila Lopes, a miss Universo 2011:

Informações de portal G1

FOTOS:

Bruno Zanardo / Fotoarena

Reprodução / Reuters

Compartilhar

Miss Universo 2011: Mulher mais bonita do mundo revela ser tímida

Avançar »

Grêmio comemora 108 anos com programação para a torcida e novidade na Arena

Um comentário

  1. SARA HELENA
    14 de setembro de 2011

    nossa essa menina e linda parece comigo kkk bjk pra qem ta lendo q Deus abençoe a beleza dessa menina lindaaaaaaaaaa

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*