Vivo divulga nota sobre polêmica envolvendo vídeo inspirado em “Eduardo e Mônica”

Empresa afirma que lançou o filme sem conhecimento sobre a outra campanha e que foi a única a adquirir os direitos autorais e fonográficos da música.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Vivo divulgou nesta sexta-feira, dia 10, um comunicado sobre as polêmicas envolvendo o vídeo da operadora inspirado na música “Eduardo e Mônica”, da banda Legião Urbana, criado pela agência de publicidade Africa.

Divulgada na web na última quarta-feira, 08, a peça teve enorme repercussão positiva nas redes sociais, com destaque principalmente no Twitter. As discussões sobre um possível plágio de campanha lançada pela operadora ATL com a mesma canção tomaram o lugar dos elogios.

Leia Mais

Vídeo inspirado em Eduardo e Mônica é “coincidentemente” parecido com filme de 2002

Vivo lança vídeo para Dia dos Namorados inspirado em “Eduardo e Mônica”

Confira abaixo, na íntegra, o posicionamento da Vivo sobre o caso:

“A Vivo esclarece que lançou o vídeo ‘Eduardo e Mônica’ sem conhecimento sobre a existência da campanha comercial apresentada pela ATL Telecomunicação no ano 2000 e postada hoje no site YouTube.

O filme colocado no ar pela Vivo em 08 de junho de 2011 é uma iniciativa inédita de brand content, ferramenta de comunicação publicitária que conjuga de forma emocional o entretenimento com uma marca específica, em formatos como TV, internet, mídia impressa, rádio ou eventos. A ação está alinhada ao posicionamento da marca ‘O amor nos conecta. A conexão transforma’, o qual norteará a comunicação da empresa este ano. Dessa forma, não foi realizada pontualmente para o Dia dos Namorados e é parte de uma estratégia bem mais abrangente da companhia. A exibição do filme de quatro minutos nas salas de cinema de algumas capitais entre 10 e 16 de junho é a única conexão com essa data.

Também, a Vivo ressalta que foi a única a adquirir os direitos autorais e fonográficos da música ‘Eduardo e Mônica’ até hoje. Toda a produção do vídeo foi realizada em conjunto com a família de Renato Russo, que completaria 50 anos em 2011 e faleceu há 15 anos. O objetivo foi prestar uma homenagem e mostrar a ‘versão 2.0’ do casal que protagonizou uma das maiores histórias de amor, conexão e transformação da cultura nacional.”

Informações de Propmark

FOTO: reprodução / qualedigital

Compartilhar

Vídeo inspirado em Eduardo e Mônica é “coincidentemente” parecido com filme de 2002

Avançar »

Tradições e simpatias marcam o Dia de Santo Antônio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*