Tiradentes e Paixão de Cristo: O que funciona em Novo Hamburgo no feriadão

Recolhimento de lixo, Pronto Atendimento, Hospital Municipal e Feira do Produtor funcionam normalmente nestes dias.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Em 2011, o feriado nacional em homenagem a Tiradentes caiu junto à celebração religiosa da Sexta-Feira da Paixão. Assim, a cidade praticamente pára de quinta-feira, 21, a domingo.

Confira abaixo como serão os atendimentos dos órgãos públicos de Novo Hamburgo nestes dias.

– Centro Administrativo Leopoldo Petry: não haverá expediente nos dias 21 e 22 de abril.

– Recolhimento de lixo: recolhimento segue normal, com o turno da manhã iniciando às 7 horas e o turno da noite às 19 horas.

– Unidades Básicas de Saúde: na quinta-feira e na sexta-feira, todas as Unidades Básicas de Saúde – UBSs estarão fechadas. No sábado, dia 23, as UBSs do bairro Canudos e Santo Afonso atenderão das 08 às 20 horas.

– Pronto Atendimento e Hospital Municipal: atendimento 24 horas nos dois locais.

– Guarda Municipal: não haverá expediente nos dias 21 e 22 de abril. Porém, em caso de emergência, a Guarda Municipal pode ser acionada pelo 3524-8737 ou 153.

– Cartório de Trânsito: não abrirá nos dias 21 e 22 de abril.

– Comusa: não haverá atendimento no dia 21 e 22 de abril. Porém, em casos de vazamento, a Comusa pode ser acionada pelo telefone 0800 600 115.

– Mercado Público e Feira do Produtor: a Feira do Produtor, que ocorre em terças e quintas-feiras, seguirá normalmente no dia 21 de abril. Já o Mercado Público não funciona nestes dias. Vale lembrar que nos dias 21 e 22 ocorre a 15ª Feira do Peixe – na quinta-feira, 21, das 07 às 19 horas, e na Sexta-Feira Santa, 22, das 07 às 12 horas, em três locais da cidade (Mercado Público Municipal, Praça Centenário e sede da Secretaria de Desenvolvimento Rural – SDR).

– Escolas municipais: não haverá aula nos dias 21 e 22 de abril.

– Casa de Vacinas: não atenderá nos dias 21 e 22 de abril.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: reprodução / baixaki

Compartilhar

Para as causas urgentes chame pelo Santo Expedito

Avançar »

Morte em conflitos no campo cresce 30% em um ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*