O exemplo de um guerreiro

O ex-vice-presidente do Brasil, José Alencar, morreu nesta terça-feira aos 79 anos. Após 13 anos de luta, infelizmente perdeu a última batalha, mas não a guerra.

Entre idas e vindas do hospital e da sala de cirurgia, sempre mostrou perseverança e muita vontade de viver. Somente um guerreiro de verdade conseguiria enfrentar inúmeras dores, quimioterapias, radioterapias e enjoos sem se entregar.

Mariza, sua esposa, também deu um grande exemplo de companheirismo. Inseparável, amou, cuidou e deu forças para o marido até seu último suspiro. Políticos, empresários, personalidades, gente comum, enfim, todo o país lamentou a sua perda.

Segundo alguns comentários que li no Twitter, Alencar conseguiu sobreviver por tanto tempo com a doença, devido suas condições financeiras de se tratar em hospitais particulares e consultar os melhores médicos. Ao contrário dos milhares de brasileiros que enfrentam diariamente as gigantescas filas do SUS para marcar um mero exame.

Não há como negar que o tratamento médico aumentou a expectativa de vida do ex-vice-presidente, mas o fato é que sua demonstração de amor pela vida foi surpreendente. Quantos já perderam as forças na metade do caminho. Quantos desistiram de viver por quase nada. Quantos tiraram sua própria vida por medo de encarar os problemas.

Alencar vai entrar para a história do Brasil como comerciante, político e vencedor. Que seu exemplo seja seguido por todas aquelas pessoas que já não acreditam mais que o dia de amanhã chegará.

Compartilhar

Novo Hamburgo vai abrigar o maior teatro do Estado

Avançar »

Família de Alencar agradece o apoio dos brasileiros após cerimônia de cremação

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical