• Visualizações 1194

Novo Hamburgo: Pensando em uma cidade mais limpa e romântica

Revitalização do Centro da cidade foi tema da última reunião-almoço do grupo Pensando Novo Hamburgo, na qual foram apresentados os projetos da Oscar Escher Arquitetura e Urbanismo.

Mônica Neis Fetzner monica@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Projetar reformas para o Centro da cidade de Novo Hamburgo de forma a torná-lo mais limpo, acessível e até romântico.

Essa foi a proposta apresentada na reunião do grupo Pensando Novo Hamburgo desta quarta-feira, dia 20.

Sob responsabilidade da empresa Oscar Escher Arquitetura e Urbanismo, o Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado – PMDI inclui, dentre outras demandas, a revitalização do Centro. O próprio Oscar Escher foi quem apresentou as propostas desenvolvidas aos empresários hamburguenses.

Conforme a coordenadora geral da Unidade de Gestão de Projetos – UGP da Prefeitura de Novo Hamburgo, Júlia Ambros, o custo estimado das obras é de R$ 80 milhões, com repasses do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e do município.

Em explanação que abordou os locais do Centro a serem reformados, Escher destacou a necessidade de incentivo à mobilidade não motorizada e a preocupação com o visual da cidade, que, conforme o projeto, seria menos visualmente poluído.

Rota de mudanças

O projeto da Oscar Escher para o terminal de ônibus do Centro (Paradão) conta com planos de arborização, limpeza, esquema de transposição de pedestres, favorecimento aos cadeirantes e implantação de piso tátil.

A rua Dr. Magalhães Calvet também está na rota de mudanças. Um trecho da via poderá ser coberto, ainda permitindo passagem de veículos, mas priorizando os pedestres, com o alargamento de calçadas.

A Praça do Imigrante e a Praça 20 de Setembro tiveram destaque na explanação de Escher, por representarem locais de convivência urbana. O chafariz da “praça das pombas” seria retomado e as calçadas em frente às bancas seriam alargadas, com reorganização dos estacionamentos.

NOVAS VIAS – Os planos de revitalização para a escadaria da rua Gomes Portinho foram apresentados em três opções, que incluem a abertura de via para trânsito de veículos. “Foi feito um estudo a respeito da inclinação desta suposta via, e constatamos que diversas ruas da cidade têm graus semelhantes”, esclareceu Escher.

Com foco na mobilidade não motorizada, estão no projeto ciclovias na rua Cinco de Abril e na Praça Punta Del Este. Foram apresentados ainda planos para a avenida Nicolau Becker, como a inserção de uma terceira via e a sistematização de semáforos inteligentes. “A proposta é fazer uma limpeza visual em Novo Hamburgo, de forma sustentável”, encerra Escher.

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Mostratec 2010: feira transforma Novo Hamburgo em “capital da ciência e inovação”

Avançar »

Faltam pilotos comerciais para a aviação civil brasileira

Um comentário

  1. Sem Carro
    20 de outubro de 2010

    “Projetar reformas para o Centro da cidade de Novo Hamburgo de forma a torná-lo mais limpo, acessível e até romântico.”

    Acredito que essas idéias serão maravilhosas, mas irão levar anos para serem feitas!!!

    Quem sabe aproveitam agora aquela rua atrás do paradão, que os ônibus estão passando agora, e façam um NOVO PARADÃO URGENTE! Acredito que os carros não serão prejudicados se retirar aquele pequeno trecho deles.

    Hoje vi o prefeito fazendo campanha para a Dilma ás 18 horas. Fiquei me perguntando, porquê ele não pegou um ônibus e viu a situação caótica que é depender de uma condução publica nesse horário em Novo Hamburgo?

    Acorda prefeito, a nossa cidade cresceu!!!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*