• Visualizações 7407

Libertadores 2010: A América é vermelha, de novo

Inter vence o Chivas, de virada, diante de 50 mil colorados no estádio Beira-Rio, e é bicampeão da Libertadores. Agora, é rumo a Abu Dhabi brigar por mais um título Mundial.

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A América é vermelha, de novo! Quem pintou foi o Internacional. Colorados estufam o peito e gritam em todo o Rio Grande do Sul: bicampeão da Libertadores!

VEJA OS GOLS!

Não poderia ser diferente. O estádio Beira-Rio virou um caldeirão na noite desta quarta-feira, dia 18. E dele sairia um banquete regado a Chivas. Enganavam-se, no entanto, os que diziam que seria fácil. Teve sofrimento. Foi a impressão da equipe do Portal novohamburgo.org.

O que ninguém duvidava era que a taça ficaria em Porto Alegre. E ficou depois da vitória colorada por 3 a 2, de virada, como em Guadalajara, na semana passada, quando o placar foi 2 a 1 para o Inter. Os mexicanos não suportaram a pressão exercida por mais de 50 mil torcedores e foram cozidos em Porto Alegre.

MUNDIAL – Agora, tudo é Abu Dhabi. O time do técnico Celso Roth se prepara para brigar também pelo segundo título Mundial. A semifinal da competição organizada pela Fifa está marcada para 14 de dezembro. Só falta saber o adversário. Chegando à final, dia 18 do mesmo mês, deve enfrentar o xará Internazionale de Milão.

Celso Roth, campeão

Tinha que ser assim, com a mão de Celso Roth. Se você acompanha futebol, sabe: ele sempre foi criticado por não ter um título importante. Segundo os críticos, agia mal em momentos decisivos. Dessa vez, a vitória passou por ele.

Alecsandro, lesionado, não podia jogar. Roth optou por Rafael Sóbis – vale lembrar que no título de 2006 ele marcou duas vezes na final contra o São Paulo, no Morumbi. Sóbis fez um dos gols da vitória desta quarta-feira, mas se machucou. O técnico chamaria Leandro Damião para marcar o seu. E tem mais… Lembra do Giuliano?

SUSTO – Se está no roteiro de uma final de Libertadores ter um pouquinho de drama, por que seria diferente com o Inter? O Chivas não veio só passear no Brasil. Com uma postura mais agressiva do que a apresentada no México, equilibrou as forças no primeiro tempo. Aos 42 minutos, De Luna cruza da direita, Bravo desvia de cabeça e Fabián, de voleio, acerta o ângulo direito de Renan para fazer 1 a 0.

Virada histórica

No segundo tempo, voltou o Inter de Celso Roth, de toque de bola, marcação avançada e vibração. O resultado viria aos 16 minutos. Kleber cruza rasteiro da esquerda e Rafael Sóbis toca no canto direito do goleiro Luis Michel. Era o empate. Tudo o que precisavam os donos da casa.

Aos 30 minutos, Leandro Damião dribla Ponce em velocidade, no meio-campo, entra na área e chuta cruzado. A bola bate no braço de Michel e entra. Virada colorada. Damião entrara no lugar de Sóbis, não esqueça! Giuliano também já estava em campo. Roth decidiu colocá-lo. O garoto marcou gols decisivos durante a campanha. Foi coroado com um golaço na final, aos 45. Entrou driblando a zaga e com um toque sutil deslocou o goleiro do Chivas.

CONFUSÃO – Aos 47 minutos, Bautista ainda cobraria falta no travessão para Patricio Araujo aproveitar o rebote e descontar: 3 a 2. Não tinha mais tempo para nada. Oscar Ruiz apitou o final do jogo. Aliás, teve tempo para uma confusão, isso sim. Os mexicanos partiram para cima dos colorados e a bagunça típica de Libertadores estava feita. Nada que pudesse atrapalhar a festa. O Inter é bicampeão da América.

Campanha colorada

Primeira fase

Inter 2 x 1 Emelec – 23/02/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

Deportivo Quito 1 x 1 Inter – 11/03/2010 – Olímpico Atahualpa (Quito, Equador)

Cerro 0 x 0 Inter – 18/03/2010 – Atílio Paiva (Rivera, Uruguai)

Inter 2 x 0 Cerro – 31/03/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

Emelec 0 x 0 Inter – 14/04/2010 – George Capwell – (Guayaquil, Equador)

Inter 3 x 0 Deportivo Quito – 22/04/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

Oitavas-de-final

Banfield  3 x 1 Inter – 28/04/2010 – Florencio Solá (Buenos Aires, Argentina)

Inter 2 x 0 Banfield – 06/05/2010 –  Beira-Rio (Porto Alegre)

Quartas-de-final

Inter 1 x 0 Estudiantes – 13/05/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

Estudiantes 2 X 1 Inter – 20/05/2010 – Centenário (Quilmes, Argentina)

Semifinal

Inter 1 x 0 São Paulo – 28/07/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

São Paulo 2 X 1 Inter – 05/08/2010 – Morumbi (São Paulo)

Final

Chivas 1 X 2 Inter – 11/08/2010 – Omnilife (Guadalajara, México)

Inter 3 x 2 Chivas – 18/08/2010 – Beira-Rio (Porto Alegre)

FOTOS: S.C. Internacional

Compartilhar

Seis conteúdos foram adicionados ao currículo escolar em três anos

Avançar »

CLERICOT E SEDUÇÃO

7 comentários

  1. 19 de agosto de 2010

    brigado inter pela força e pela gara nos samos bi-capeao vamos busca o mundial vamos inter ?

    Responder
  2. 19 de agosto de 2010

    brigado inter pela força e pela gara nos samos bi-capeao vamos busca o mundial vamos inter colrado a te morreok?

    Responder
  3. kelvin cassiano
    19 de agosto de 2010

    o inter é o melhor time da america e do mundo.eu amo inter nunca vou separar vou morer com a minha camisa vermelha.internacional vc é a minha paixão te amo inter e boa sorte na copa do mundo e do brasileirão.sou de horizontina e fiz careata até as 3 horas da noite abrigado pessoal

    Responder
  4. Leonardo Henrique da Silva Lima
    19 de agosto de 2010

    eu quero é que os colorados se fodam!

    Responder
  5. Leonardo Henrique da Silva Lima
    19 de agosto de 2010

    prosimo ano a festa é alvinegra!

    Responder
  6. matheus oliveira de matos
    19 de agosto de 2010

    eu quero que o gremio morra

    Responder
  7. daniel
    17 de março de 2012

    Não poderia ser diferente. O estádio Beira-Rio virou um caldeirão na noite desta quarta-feira, dia 18. E dele sairia um banquete regado a Chivas. Enganavam-se, no entanto, os que diziam que seria fácil. Teve sofrimento.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*