• Visualizações 13383

No rastro da neve: Sul do Brasil vive dia de “Era do Gelo”

VEJA FOTOS! Levantamento divulgado pela MetSul Meteorologia revela que pelo menos 20 cidades no Rio Grande do Sul e 19 em Santa Catarina tiveram neve durante a quarta-feira.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

As fotos da MetSul Meteorologia não deixam dúvidas: o Sul do Brasil viveu uma verdadeira “Era do Gelo” nesta quarta-feira, dia 04.

Conforme levantamento do instituto meteorológico divulgado no final do dia, pelo menos 20 cidades no Rio Grande do Sul e outras 19 em Santa Catarina viram neve caindo do céu.

Leia Mais

Frio diminui no Rio Grande do Sul e chuva manda neve embora

O 8º Distrito de Meteorologia da MetSul confirmou que quatro de suas estações, localizadas em Cambará do Sul, Bom Jesus, Lagoa Vermelha (RS) e São Joaquim (SC) registraram o fenômeno. Além da neve, as temperaturas foram baixas. A mínima ficou em -3,6ºC em Cambará do Sul (RS) e as máximas não passaram de 14ºC em Mostardas (RS), 11ºC em Itapoá (SC) e 19ºC em Paranapanema (PR).

CIDADES – A queda de neve foi mais intensa, com quase uma hora de duração, em Bom Jesus e Lagoa Vermelha, na Serra gaúcha, segundo relatos de moradores. É também na região serrana que estão a maioria das cidades atingidas pelo fenômeno: Gramado, São Francisco de Paula, Caxias do Sul, Vacaria, São José dos Ausentes e Jaquirana, no lado gaúcho; Lages, Urupema e Urubici, no lado catarinense.

A Metsul também identificou queda de neve ou chuva congelada em Crissiumal e Horizontina, no Oeste, e Rio Grande, no Sul, além de outros municípios do Rio Grande do Sul, e São Miguel do Oeste, no Oeste de Santa Catarina.

Há 10 anos não nevava tanto

Considerada a abrangência geográfica do fenômeno desta quarta-feira, trata-se da maior ocorrência de neve desde 2000 na região Sul do país. Quem explica é o meteorologista Alexandre Aguiar, da Metsul. Se a avaliação recair apenas sobre a intensidade, no entanto, em 2006 houve uma nevasca maior, em Bom Jesus, no Rio Grande do Sul.

A neve foi provocada pela presença de uma frente fria estacionada sobre o Paraná e de uma área de baixa pressão no Uruguai, que favoreceu a circulação da umidade. Ainda persiste pequena possibilidade de novas quedas na madrugada desta quinta-feira, mas depois o tempo deve limpar e as temperaturas passam a subir lentamente em toda a região.

Informações de Agência Estado

FOTOS: MetSul Meteorologia

Compartilhar

Meu caso de amor com Paris

Avançar »

Dúvidas pairam sobre lei que regulamenta profissão de motoboy, diz presidente do Sindimoto/RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*