• Visualizações 1747

Olha o trem! Obras de extensão da Linha 1 do Trensurb até Novo Hamburgo chegam à metade

ACOMPANHE O ANDAMENTO! Promessa da direção da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre é que hamburguenses verão estação Liberdade (foto) concluída ainda em 2010.

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Olha o trem! Vem surgindo de trás das montanhas… É a Linha 1 do Trensurb chegando ao território hamburguense.

Segundo a Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre – Trensurb S/A, metade dos 9,3 quilômetros de trilhos entre São Leopoldo e Novo Hamburgo já estão prontos.

Leia Mais

Acompanhe o andamento das obras de extensão do Trensurb

“Cronograma está sendo cumprido rigorosamente”, diz Trensurb sobre extensão da Linha 1

A marca de 50% das obras concluídas foi alcançada em junho. Para o diretor-presidente Marco Arildo Prates da Cunha, motivo de comemoração. “Estamos muito satisfeitos com o resultado do trabalho realizado até o momento e temos a responsabilidade e o desafio de manter esse ritmo”, destaca. “Atualmente, essa é a obra de mobilidade mais importante do PAC no Estado.”

Viabilizada pelo Programa de Aceleração do Crescimento – PAC do Governo Federal, a extensão do Trensurb custa aproximadamente R$ 700 milhões e deve ficar pronta até o final de 2011. São quatro novas estações: Rio dos Sinos, ainda em São Leopoldo; Liberdade (foto); Fenac; Novo Hamburgo. A primeira na Capital Nacional do Calçado será concluída em 2010 e entra em funcionamento no início do ano que vem.

Antes tarde do que nunca

O ritmo acelerado das obras ameniza a ansiedade da comunidade hamburguense. Nada mais, nada menos, do que oito anos se passaram desde que a licitação foi realizada até o começo dos trabalhos. Problemas legais atrasaram o processo.

Humberto Kasper, superintendente de Expansão e Obras da Trensurb, lembra que a ordem de início dos serviços foi emitida em 28 de janeiro de 2008. “Primeiramente foi desenvolvido o projeto executivo e obtido o licenciamento ambiental”, explica. “Em seguida, em fevereiro de 2009, já iniciamos os trabalhos.”

O grupo responsável pela execução do empreendimento é o Consórcio Nova Via, constituído pelas empresas Norberto Oderbrecht, Andrade Gutierrez, Toniolo/Busnello e T´Trans.

ETAPAS – A primeira etapa compreende o final do trecho existente, junto a estação São Leopoldo, e a estação Liberdade, logo após a divisa com Novo Hamburgo. São 4,9 quilômetros de via elevada, duas estações, uma ponte metroviária e uma ponte ferroviária, divididos em cinco trechos.

VEJA O QUE JÁ FOI CONCLUÍDO

Elevado: 55,62%
Ponte ferroviária: 92,2%
Ponte rodoviária: 90%
Estação Rio dos Sinos: 55,18%
Estação Liberdade: 64,09%
Sistemas: 35,12%
Remanejamento de moradias: 189 casas construídas e entregues ( 100%)

NÚMEROS

Concreto: 42.500 m³
Aço: 5.126.000 kg
Pilares: 174 pilares
Vigas pré-fabricadas: 570 unidades

Com informações de Imprensa Trensurb S/A

FOTOS: divulgação / Trensurb S/A

Compartilhar

Francal 2010 começa com clima de otimismo

Avançar »

Francal 2010: Proteção ao calçado brasileiro já gerou 60 mil empregos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*