Universitários da classe D ultrapassam quantidade dos classe A