• Visualizações 515

Parecer de proposta de seleção na UFRGS pelo Sisu sairá somente em agosto

Comissão formada para discutir o tema teve sua primeira reunião na manhã desta quinta-feira, dia 04. Grupo deve se reunir semanalmente para debater o projeto.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A comissão formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS para discutir a proposta de destinar 30% das vagas para ingresso viaSisu no vestibular 2014 teve sua primeira reunião na manhã desta quinta-feira, dia 04. A previsão é que o grupo tenha um parecer sobre o projeto em meados de agosto.

Até lá, a comissão formada por dez integrantes — cinco do Conselho Universitário – Consun e cinco do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – Cepe — deve se reunir semanalmente para debater o projeto proposto pela Pró-Reitoria de Graduação – Prograd.

Depois, caberá ao Consun, formado por 76 representantes de todos os setores da universidade, a aprovação ou não do projeto. Tudo isso deve ocorrer até o fim de agosto, para não prejudicar a publicação do edital para o vestibular, que normalmente tem inscrições entre setembro e outubro.

Formas de ingresso

A proposta em análise prevê duas formas de ingresso: 30% das vagas pelo Sisu e 70% pelo vestibular tradicional. A proporção de cotas adotada pela UFRGS (30%) seria mantida nas duas formas de seleção. Os alunos seriam acompanhados no primeiro semestre do ano que vem, a fim de avaliar o desempenho e traçar o perfil dos ingressantes por vestibular e pelo Sisu.

Antes mesmo de ser aprovada, a reserva de 30% das vagas da UFRGS para ingresso via Sisu já gera polêmica entre estudantes que se preparam para o vestibular. Um grupo de estudantes organiza manifestação para as 16 horas desta quinta-feira, em frente à Reitoria.

Uma carta que será entregue ao Consun enumera os argumentos dos estudantes contrários à possibilidade de ingresso na UFRGS pelo Sisu. Entre eles, o texto menciona falta de credibilidade e de qualidade do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem como critério de seleção, ausência de questões regionais na prova, como história, geografia e literatura local, que são valorizadas no vestibular da UFRGS, e a possível adoção do Sisu como condição para o repasse de recursos à universidade.

Informações de ZH

FOTO: reprodução / UFRGS

Compartilhar

Bibliotecas Públicas estão presentes em 97% das cidades brasileiras, diz IBGE

Avançar »

Feevale abre inscrição para vestibular especial de inverno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*