• Visualizações 603

Aécio e Dilma chegam em consenso: 100% dos royalties são da educação

Destinação exclusiva dos recursos da exploração do petróleo do pré-sal para a educação brasileira é um dos raros consensos em processo de construção no país.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O senador tucano Aécio Neves, que engrossou o tom contra o governo Dilma Rousseff como candidato do PSDB à presidência, hoje se mostra aliado da presidente no projeto que destina os royalties do petróleo à educação.

Um salto

A destinação exclusiva dos recursos da exploração do petróleo do pré-sal para a educação brasileira é um dos raros consensos em processo de construção no país.

A causa merece apoio suprapartidário e o aval da opinião pública para que o país resista à tentação de atender simultaneamente aos múltiplos déficits dos quais é portador, ou ao tradicional pragmatismo do Estado brasileiro.

Segundo a ONG “Todos pela Educação”, o Brasil tem cerca de 1 milhão de crianças sem vaga na pré-escola e 3,6 milhões de crianças e jovens sem estudar. Nos anos iniciais do ensino fundamental, 35% dos alunos não conseguem concluir os estudos. No médio, são 49%. E grande parte dos que alcançam o fim dos ciclos o fazem precariamente, com baixo desempenho em matérias básicas.

Desafios

A média de escolaridade no Brasil – Pnud, de 7,2 anos, permaneceu estagnada entre 2011 e 2013. O número é o menor, ao lado do Suriname, entre os países da América do Sul. Posição que foi contestada pelo MEC. Ainda assim, se prevalecesse outro dado, como quer o governo, pouco mudaria a realidade brasileira.

O desafio da educação não se resume ao aumento de recursos, embora eles sejam fundamentais. Há um longo itinerário a ser percorrido na revisão e na modernização dos currículos, qualidade de ensino, qualificação e salários dos professores, aperfeiçoamento dos sistemas de avaliação e convergência de esforços das três esferas de governo.

Informações de Portal G1

FOTO: reprodução / Portal G1

Compartilhar

Senadores criticam proposta de royalties do petróleo na educação

Avançar »

Escolas municipais recebem livros sobre a história do Inter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*