• Visualizações 831

Enem 2010: Protocolado recurso contra liminar que garante reaplicação das provas a todos os prejudicados

O pedido vai a favor da proposta do Ministério da Educação, que pretendia reaplicar as provas apenas para um grupo de alunos que receberam o caderno de prova amarelo.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Advocacia-Geral da União (AGU) protocolou nesta quinta-feira, 18, no Tribunal Regional Federal da 5ª Região recurso contra a liminar que garante o direito à reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem a todos os candidatos prejudicados por falhas.

Leia Mais

Enem 2010: Justiça decide que todos candidatos poderão refazer as provas

O Ministério da Educação (MEC) pretendia reaplicar as provas apenas para um grupo de alunos que receberam o caderno de prova amarelo que não continha todas as 90 questões por um erro de montagem.

Entretanto, uma decisão da Justiça Federal no Ceará ampliou o direito de refazer o exame a todos os alunos que tenham sido prejudicados pela troca dos cabeçalhos das provas no cartão de respostas.

A AGU já havia manifestado que a medida adotada pelo ministério – de reparar somente os estudantes “eventualmente” prejudicados – é justa e assegura o direito dos alunos.

Informações de Agência Brasil

Compartilhar

Alunos destaques na Mostratec recebem bolsas de estudo e prêmios

Avançar »

Enem 2010: Justiça volta atrás e decide que nova prova é só para quem MEC autoriza

Um comentário

  1. Francisco Ivonildo Matos
    18 de novembro de 2010

    Gostaria de fazer nova prova, acho que o Ministro não entedeu o que aconteceu. O Enem de um modo geral foi todo errado.Primeiro foi o erro do Gabarito, depois papeis para fazer o rascunho das provas e por ultimo as provas amarelas. So um cego não ver tanta injustiça, eu digo cego aquele que não quer adimitir o que está acontecendo.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*