Facebook compra o WhatsApp por US$ 16 bilhões

Segundo Zuckerberg, WhatsApp continuará a operar de forma independente. Roadmap de produtos permanecerão inalterados e equipe do WhatsApp irá trabalhar na sede do Facebook.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter) 

O Facebook anunciou nesta quarta-feira, dia 19, a compra do serviço de mensagens instantâneas para smartphones WhatsApp por mais de US$ 16 bilhões em dinheiro e ações, em uma nova medida da gigante rede social para se expandir globalmente.

“A aquisição destaca a missão compartilhada do Facebook e do WhatsApp de oferecer maior conectividade ao mundo ao fornecer serviços básicos de internet de forma acessível e eficiente”, informou o comunicado do Facebook.

Na sua página no Facebook, Mark Zuckerberg, presidente da empresa, elogiou o aplicativo. “WhatsApp é um modo de conectar um bilhão de pessoas. Serviços que tem esse alcance são incrivelmente valiosos”. “O WhatsApp está a caminho para conectar 1 bilhão de pessoas. Os serviços que conseguem esse feito são incrivelmente valiosos”, afirmou.

No mesmo comunicado, Zuckerberg disse que o WhatsApp continuará a operar de forma independente dentro do Facebook. O roadmap de produtos permanecerão inalterados e que a equipe do WhatsApp irá trabalhar na sede do Facebook, em Mountain View.

WhatsApp é um serviço de mensagens móvel simples, rápido e confiável, que é usado por mais de 450 milhões de pessoas em todas as principais plataformas móveis. Mais de 1 milhão de pessoas se inscrevem no WhatsApp todos os dias.

Informações de cp

FOTO: reprodução / mashable.com

Compartilhar

Ativista do Greenpeace sairá na Playboy de março

Avançar »

Cientistas anunciam projeto que detecta mentiras em redes sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*