Globo instrui autores de “Insensato Coração” a esfriar cenas entre personagens gays

Emissora explica atitude dizendo que a televisão é um veículo de massa que precisa contemplar todos os seus públicos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Globo decidiu cortar cenas da história dos homossexuais Eduardo e Hugo na novela Insensato Coração. Além disso, os autores foram instruídos a pararem de fazer apologia pela criação de uma lei que puna a homofobia.

Leia Mais

Confira os resumos dos capítulos desta semana da sua novela preferida!

Fim do preconceito? Mulheres protagonizam primeiro beijo gay da TV brasileira

Procurada, a Globo, via assessoria, disse que a televisão é um veículo de massa que precisa contemplar todos os seus públicos e faz parte do papel da direção zelar para que isso aconteça.

Rodrigo Andrade, que vive Eduardo na trama, já afirmou que torce por um beijo entre os personagens. “Os autores têm essa vontade, mas não depende apenas deles. Quero que role porque vai ser importante para a sociedade, para o personagem e para minha carreira”, revelou. “O Eduardo está aí para fazer as pessoas felizes. Se a felicidade for sair do armário, que ele saia logo.”

Marcos Damigo, o Hugo, compartilha desta opinião. Depois de o primeiro beijo lésbico ser dado na novela Amor e Revolução, do SBT, ele também quer entrar para a história. “Se aceito fazer um personagem como esse, tenho que saber que existem possibilidades de determinadas coisas acontecerem. Se eu fosse um ator que não me sentisse confortável em beijar outro cara na ficção, obviamente não teria aceitado”, afirma.

Novela Amor e Revolução

também cortou cenas

O prometido beijo gay masculino entre Jeová, vivido por Lui Mendes, e Chico, de Carlos Artur Thiré, também foi cortado da novela Amor e Revolução. Segundo o autor, Tiago Santiago, a decisão partiu da direção do SBT e ele teve de acatar. “Há uma preocupação com a audiência mais conservadora”, disse.

Em maio, foi este o folhetim que exibiu o beijo entre entre Marcela (Luciana Vendramini) e Marina (Gisele Tigre). “O beijo entre os dois rapazes seria um passo além do beijo lésbico”, lamenta. Santiago diz que contará a história do casal gay como a Globo, apenas sugerindo as carícias.

Informações de Folha de S.Paulo, Terra e UOL

FOTO: divulgação

Compartilhar

Ainda falta o “Maraca”! Larissa Riquelme cumpre parte de promessa e posa nua

Avançar »

A Fazenda 4 estréia com promessa de polêmicas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*