• Visualizações 565

Vídeo Movimento Casa Velha 40 anos já está disponível ao público

Já está disponível online o vídeo Movimento Casa Velha 40 anos, que apresenta uma entrevista com os artistas Marciano Schmitz e Flávio Scholles. O material, disponibilizado no canal no YouTube da Secretária de Cultura de Novo Hamburgo (Secult), foi produzido em abril pela equipe da Secult como uma forma de celebrar a história artística da cidade, realizando um registro histórico no formato audiovisual. “A Secult caminha ao encontro do o que vem sendo consumido em relação a conteúdo nas mais diversas plataformas. Então um registro em audiovisual destes dois artistas consolida o início desta caminhada” comenta o secretário de Cultura, Ralfe Cardoso.

Além disso, durante a primeira etapa da exposição Vestígios da Memória: Movimento Casa Velha 40 anos, que aconteceu de 27 de abril até 22 de julho, a entrevista audiovisual fez parte do mostra, ficando à disposição dos visitantes do Espaço Cultural Albano Hartz, no calçadão do município. “Nada substitui a importância da visitação ou o diálogo com o próprio artista. Entretanto, quando podemos disponibilizar estes registros, proporcionamos uma maior interação com o público” finaliza o secretário. O vídeo pode ser assistido através do link https://www.youtube.com/watch?v=gyh4q2BD6Ic .

Sobre o Movimento

Nos anos 70, um movimento artístico colocou Novo Hamburgo no centro cultural de todo o Brasil. Casa Velha lançou nomes até hoje consagrados nas artes plásticas e visuais. Esta ação surgiu do imaginário de três artistas: Flávio Scholles, Marciano Schmitz e Carlos Alberto de Oliveira, o Carlão. A exposição celebrou três momentos importantes da Cultura hamburguense: a reinauguração do memorial de Carlos Alberto de Oliveira, a revitalização do prédio do Espaço Cultural Albano Hartz e os 40 anos do movimento Casa Velha.

Segunda etapa

Desde o dia 3 de agosto, a Exposição Movimento Casa Velha 40 anos entrou em sua segunda etapa e conta com a participação de outros artistas convidados. Lurdi Blauth e Gilmar Luiz Tatsch, o Tacho, fizeram parte do movimento e suas obras estão expostas na Pinacoteca Municipal no Espaço Cultural Albano Hartz até dia 16 de outubro. A visitação é gratuita e ocorre de segunda a sexta das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas.

 

 

Compartilhar

Fim de semana de prisões e apreensão de arma pela Guarda Municipal de Novo Hamburgo

Avançar »

Presidente do STF diz que, se depender dela, Brasil dará um basta à corrupção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*