• Visualizações 1376

Samuca do Acordeon e Regional Fala Agora trazem samba e choro para Novo Hamburgo

Nesta quinta-feira, a sonoridade da gaita aliada ao suingue do choro e do samba, vai ressoar em Hamburgo Velho. Acompanhado de violão 7 cordas, cavaquinho e percussão, o acordeonista apresenta repertório que promete agradar amantes da música instrumental brasileira.

De Marina Mentz marina@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Samuel Costa, nascido em Santo Antônio da Patrulha – terra da cachaça. Coincidência ou não, ele se apresenta nesta quinta-feira, dia 14, em um bar que oferece as melhores opções desta bebida na cidade.

Íntimo do acordeon desde os treze anos, Samuca leva esse instrumento tão típico em nosso estado à toda parte – executando com maestria experimentações desta sonoridade com o samba, o choro, a valsa e outras brasilidades impecáveis.

No início da carreira, transitou pela cena musical dos bailes gaúchos, formando seu primeiro conjunto e adquirindo a experiência fundamental para um músico: tocar nos bailes da vida. Participou de grupos como Quero-Quero e Tchê Guri. Mas foi no circuito dos festivais nativistas que ele conquistou prêmios como melhor instrumentista e foi ganhando cada vez mais destaque. Em sua trajetória, tocou ao lado de Luis Carlos Borges, Renato Borghetti, Ângela Maria, Sérgio Reis Gaúcho da Fronteira, entre outros.

Com seu acordeon, que dialoga com violões de 7 cordas, bandolins, violinos e pianos, Samuel Costa lançou no final de 2010 seu primeiro CD De Tudo um Pouco, onde ao lado de releituras de obras de Jacob do Bandolim, Piazzolla e Hermeto Pascoal, mostra seus próprios choros, chamamés e xotes reinventados. Em 2012, foi a vez de Samuca trazer para seu público o DVD Fala Agora, com 12 faixas.

Samuca do Acordeon, vem a Novo Hamburgo acompanhado de Guilherme Sanches (pandeiro), Mathias Pinto (violão 7 cordas) e Fábio Azevedo (cavaquinho) para uma noite de choro, no Pubis.

Inaugurado em setembro do ano passado, o bar está hospedado dentro da segunda casa mais antiga da cidade, no bairro Hamburgo Velho. A construção histórica de 1840, restaurada em estilo enxaimel, oferece bebida artesanal, como chopp e cachaça, além de muito samba, chorinho, MPB, jazz, blues, rock – o retrato da boa música.

 

O show:

Samuca do Acordeon e Regional Fala Agora

Dia 14/02, a partir das 22h.

Pubis: Avenida Doutor Maurício Cardoso, 112. Bairro Hamburgo Velho.

Ingressos R$ 12.

 

FOTO: reprodução

Compartilhar

Estreia em Berlim o filme brasileiro ‘Flores Raras’

Avançar »

A Hora Mais Escura: estréia da semana aborda a caçada e o assassinato de Osama Bin Laden

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*