• Visualizações 1538

Livro de fotos do Rio dos Sinos tem lançamento marcado

Obra com fotos de Guto Maahs e textos de Martin Behrend destaca belezas da bacia hidrográfica. –

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Conhecer o livro de fotos do Rio dos Sinos será possível a partir deste mês. Estão marcados para o dia 17 o lançamento e sessão de autógrafos da obra inédita, com fotos de Guto Maahs e textos do jornalista Martin Behrend.

Rio dos Sinos – O Sinuoso do Sul do Brasil será apresentado ao público na Fundação Ernesto Frederico Scheffel, em Novo Hamburgo, às 19h e 30 min.

Os autores prometem surpreender, mostrando uma realidade ainda desconhecida do rio. “Estou muito otimista pelo resultado alcançado, porque as pessoas não fazem idéia das belezas que elas têm perto de casa”, revela Behrend. Guto acredita na importância do livro como ferramenta de conscientização. “Acredito que ele possa servir para que as pessoas consigam se perceber como responsáveis pelo rio”, esclarece.

O Ministério da Cultura é o financiador, com base na Lei Rouanet, e o patrocínio exclusivo é do Consórcio Nova Via, que executa a extensão da Linha 1 do Trensurb de São Leopoldo à Novo Hamburgo. Projeto e edição são da Um Cultural. “Ferramentas como a Lei Rouanet e apoios como o do Consórcio Nova Via são fundamentais para o desenvolvimento cultural”, avalia Daniel Henz, sócio da produtora.

O LIVRO

As belezas da bacia hidrográfica, composta por 32 municípios, são mostradas em 180 páginas, com cerca de 200 imagens, que revelam suas peculiaridades. A obra foi produzida em aproximadamente um ano. Envolveu uma pesquisa realizada pela Universidade Feevale. Além disso, roteiro, projeto gráfico, imagens e textos compõem o trabalho.

As fotos foram realizadas em diversas expedições a municípios distintos da bacia. Saídas de barco, carro e viagens aéreas resultaram na publicação. “Conheci lugares que não podia imaginar. Encontrei pessoas que foram muito solícitas e me ajudaram a encontrar locais praticamente intocados”, destaca o fotógrafo Guto Maahs.

Para construir a linguagem poética, o jornalista Martin Behrend conversou com pessoas que têm vivência e lembranças do rio. Além disso, realizou pesquisa bibliográfica e foi a campo conhecer pontos diferentes do Sinos. Behrend acredita que o livro propõe um desafio: conhecer e preservar o Rio dos Sinos. “Ele tem uma vida que resiste bravamente e que merece ser preservada”, explica.

RIO DOS SINOS

Ele nasce no Caraá, passa por várias cidades dos Vales do Paranhana e Sinos, até desaguar no Guaíba. São 190 quilômetros de percurso. Fonte de riquezas e desenvolvimento, atraiu colonizadores que ajudaram a construir o Rio Grande do Sul. Há historiadores que defendem o nome Sinos referindo-se às sinuosas curvas do rio. Derivaria do latim Sinus (sinuoso). Uma versão ligada à religião tem supostos sinos dos jesuítas encontrados nas águas.

A sua importância econômica para o Vale do Sinos deu nome a região. De acordo com o Conselho Regional de Desenvolvimento, o Vale é composto por 20 cidades e mais de 1,3 milhão de habitantes, o que representa 12% da população gaúcha. São mais de mil e trezentos quilômetros quadrados abastecidos pelo rio. A população é formada principalmente por imigrantes alemães.

OS AUTORES

Guto Maahs atua no mercado fotográfico e das artes plásticas desde 1997. Em 2000, a exposição Sumaj Jallpa – Uma viagem ao Deserto de Atacama retratava sua passagem pelo Chile. Produziu imagens para livros do poeta Rafael Vecchio e para o projeto Poesia na Escola, da Prefeitura hamburguense e Fundação Abrinq. Expôs, em 2006, no Salão Jovem Artista, do Museu de Artes do Rio Grande do Sul – Margs e Grupo RBS. Participou da Bienal B de Porto Alegre com a mostra coletiva Linhas de Trabalho, em 2009. Em 2010 realizou a expedição fotográfica para a sua primeira publicação: o livro de fotos do Rio dos Sinos.

Martin Behrend formou-se em Jornalismo pela Unisinos, em 2001. Foi editor da Revista Expansão e diretor do Jornal de Gramado. Realizou coberturas jornalísticas internacionais na Alemanha, África do Sul, França, Inglaterra e Estados Unidos. É autor do livro O 5 de Abril – O primeiro jornal de Novo Hamburgo, lançado em 2002. Atualmente, é editor e apresentador da Rádio ABC 900, do Grupo Editorial Sinos. O livro de fotos do Rio dos Sinos é a sua segunda publicação.

Informações de VERSÃO FINAL Comunicação – versaofinal@uol.com.br

FOTO: divulgação

Compartilhar

Gramado: Leilão vende artigos de uma das mais antigas casas de veranistas

Avançar »

Bailarinos: Últimos dias para se inscrever no “Dançando” NH

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*