• Visualizações 578

Comusa apresenta o balanço das principais ações de 2019

No ano em que a Comusa – Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo comemorou seus 20 anos, a autarquia hamburguense reafirmou ainda mais seu compromisso com a sustentabilidade, com a garantia da qualidade da água e do abastecimento do Municípío

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Facebook)

Desde janeiro até dezembro, a atual gestão investiu recursos na modernização de equipamentos, substituição de peças antigas, algumas ainda da época da Corsan, bem como retomou as obras de troca de redes de fibrocimento em seis bairros de Novo Hamburgo, completando mais de 60 quilômetros de novas redes de PEAD.

Ainda em 2019, a autarquia passou a ser a única do Estado signatária do Pacto Global da ONU, se comprometendo a trabalhar ainda mais em prol do meio ambiente e da sustentabilidade e teve seu projeto reconhecido como um dos melhores cases de saneamento do Brasil pela organização.

Para o diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders, 2019 foi um ano que serviu também para consolidar a importância da autarquia para a comunidade hamburguense. “Trabalhamos para melhorar todo o processo de captação, tratamento e distribuição de água no Município. Mas é preciso, da mesma forma, investir e modernizar nossas instalações para garantir que a população seja atendida de forma mais rápida e eficiente, quando for necessário, garantindo que a água chegue com qualidade nas residências”, explica. “Isso, no entanto, precisa estar ligado com a necessidade de cuidar do rio e do nosso meio ambiente, é algo que a Comusa já faz, mas neste ano, como signatária do Pacto Global, transforma em um compromisso”, afirma.

 Mais investimentos em 2020

Entre as ações para reduzir o impacto no meio ambiente, a autarquia encerrou a utilização de copos plásticos. “Nós entendemos que a produção e distribuição desses copos plásticos gerava uma imensa quantidade de lixo, muitas vezes descartado sem o cuidado necessário. Decidimos tomar essa atitude e estamos vendo o impacto positivo que isso teve nos custos, mas também no descarte”, analisa Lüders.

Para 2020, o objetivo é ampliar ainda mais os investimentos e manter os programas já em atividade. “Vamos continuar trabalhando na substituição de redes. Já avançamos muito neste ano e queremos ampliar ainda mais esses serviços no próximo ano, bem como continuar investindo e modernizando a Comusa para atender Novo Hamburgo ainda melhor.”

Com informações da Comusa

Foto: Comusa / Arquivo

Compartilhar

Trânsito está liberado sobre a ponte da Rua Manágua

Avançar »

Entregues chaves do Residencial Salgado Filho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical