• Visualizações 1983

Ligações gratuitas de orelhões no RS

Punição da Oi acontece no Rio Grande do Sul e em outros 14 estados, e agora chamadas para telefones fixos não poderão ser cobradas

A partir dessa quinta-feira, dia 16, a Oi está impedida de cobrar as ligações locais para telefones fixos de seus orelhões no estado, o motivo é uma punição imposta pela Anatel. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, a operadora não cumpriu as metas mínimas de disponibilidade de telefones públicos nos seus territórios de atuação.

Pelo menos 90% do total de orelhões deveria estar em pleno funcionamento em todas as Unidades da Federação e 95% em áreas de acesso coletivo à telefones. A realidade foi significativamente inferior – 62% de orelhões disponíveis em todo o território e 69% em localidades atendidas só por telefones públicos. A Anatel diz que a Oi recebeu aviso sobre a possível penalidade no dia 2 de fevereiro, mas o levantamento mais recente, no dia 31 de março, a situação não estava conforme os padrões estipulados.Novas medições são feiras semestralmente, sendo a próxima prevista para 30 de agosto desse ano.

 

 

Confira outros estados em que a operadora foi punida e a disponibilidade de orelhões na área de cobertura

Alagoas  (69%)

Amazonas (74%)

Bahia (54%)

Ceará (59%)

Maranhão (59%)

Pará (57%)

Paraíba (59%)

Pernambuco (57%)

Piauí (65%)

Rio Grande do Norte (57%)

Santa Catarina (75%)

Amapá (79%)

Paraná (85%)

Sergipe (86%)

A punição acontece de forma progressiva e ficará vigente até a normalização da situação. Caso o o grupo Oi S.A não consiga cumprir as metas até o dia 30 de agosto, ela será potencializada. Além de ligações locais gratuitas, também serão gratuitas ligações de longa distância, a partir de 1º de outubro. Se mesmo assim, a empresa não conseguir alcançar os objetivos, a partir de 1º de Abril de 2016, as ligações gratuitas chegarão aos telefones móveis da empresa, primeiro para o mesmo DDD e depois para DDDs diferentes.

 

Compartilhar

Embalagens de cigarros vão sofrer mais alterações

Avançar »

Agenda de eventos nos 88 anos da cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*