Grêmio vence o Gre-Nal e se distancia do Z4

Com gols de Marquinhos e Douglas, Tricolor venceu o clássico por 2 a 1, carimbou a faixa da Recopa do Inter e se distanciou do rebaixamento; colorados ficam longe do título.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A felicidade é azul no Rio Grande do Sul! Neste domingo, dia 28, o Grêmio recebeu o Inter no estádio Olímpico, venceu o clássico por 2 a 1, carimbou a faixa da Recopa colorada e se distanciou da zona de rebaixamento do Brasileirão 2011.

Com a vitória, o Grêmio sobe para os 21 pontos, e consegue distanciar-se três da zona de rebaixamento. De positivo, o Tricolor ainda tem uma partida adiada, pela 11ª rodada, e só fechará sua participação no primeiro turno, no dia 05 de outubro, contra o Santos, em casa. Já o Inter segue com seus 27 pontos, perde contato com o G-4 e fica dez pontos atrás do Corinthians, que terminou na frente o primeiro turno.

Na próxima quarta-feira, 31, a dupla Gre-Nal vai “torcer” pelo rival já que o Grêmio vai até São Paulo enfrentar o Corinthians, no Pacaembu, às 18 horas e o Inter recebe o Santos, no Beira-Rio, às 21h50min. Caso vença os clubes paulistas, a dupla Gre-Nal se ajudará, pois o Inter diminuirá a distância da liderança e o Grêmio ultrapassará o Santos na briga do rebaixamento.

O Jogo

Visivelmente mais concentrado, já que não jogou no meio de semana, o Grêmio iniciou o Gre-Nal 388 com muita velocidade e pressionando a saída de bola do Inter. Sem Gilberto Silva, lesionado, mas com o garoto Fernando marcando muito, o Tricolor não deixava Oscar e Andrezinho criar possibilidades para que Leandro Damião aprontasse outra “travessura”.

Com os principais jogadores colorados anulados, os laterais Mário Fernandes e Julio César iniciaram suas aventuras ao ataque. E foi assim que o Grêmio abriu o placar aos 16 minutos. Douglas recebeu na entrada da área e rolou para Mário. O lateral-direito levou no fundo e cruzou para Marquinhos, que de carrinho empurrou no canto direito de Muriel.

Mas o Inter tem Índio, que em clássicos transforma-se num impetuoso centroavante. Maior artilheiro entre todos os zagueiros que já vestiram a camisa vermelha, o camisa 3 deixou sua marca novamente. Aos 26 minutos, Oscar cobrou falta na cabeça de Índio, que fez seu sexto gol em Gre-Nais e empatou o jogo. Nada demais no primeiro tempo e a partida se arrastou até o intervalo.

SEGUNDO TEMPO – Vendo a fragilidade do ataque colorado, Dorival Júnior retornou para a segunda etapa com Jô no lugar de Dellatorre. Porém, mesmo com a mudança, o Grêmio seguiu controlando os movimentos ofensivos e o Inter não conseguia encaixar nenhum lance de perigo.

Aí foi a vez do árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique aparecer no jogo. Depois de não marcar nem falta em Muriel, nem pênalti em Saimon, no final do primeiro tempo, ele não marcou pênalti claríssimo do goleiro colorado em Mário Fernandes.

Mas a história reservava que o este Gre-Nal seria decidido na marca da cal e no terceiro lance de pênalti o juiz marcou. Escudero invadiu a área, a dribles, e foi deslocado por Índio. Entre os três lances, foi o ‘menos pênalti’, pode-se dizer, embora o zagueiro tenha impedido claramente a passagem do argentino. Lima Henrique apitou. Douglas marcou na cobrança o gol da vitória tricolor: 2 a 1.

Ficha do Jogo

Grêmio (2): Victor; Mário Fernandes, Saimon, Vilson e Julio Cesar; Fernando, Fábio Rochemback, Douglas, Marquinhos (Leandro) e Escudero (William Magrão); André Lima. Técnico: Celso Roth.

Internacional (1): Muriel; Glaydson, Bolívar, Índio e Kleber (Juan); Elton, Tinga (Ilsinho), Oscar e Andrezinho; Dellatorre (Jô) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.

Gols: Marquinhos (G), aos 16min do primeiro tempo, Índio (I), aos 26min do primeiro tempo, Douglas (G), de pênalti, aos 34min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Dellatorre, Índio, Jô, Bolívar (I); Rochemback, Mário Fernandes (G).

Arbitrarem: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ), auxiliado por Altemir Hausmann (Fifa/RS) e Júlio César Rodrigues Santos (RS)

FOTO: reprodução / ClicEsportes

Compartilhar

Bicicleta de Damião, derrota do Grêmio e empates em clássicos

Avançar »

Depois do Gre-Nal, confronto é contra paulistas

2 comentários

  1. luiz orvarino dos santos
    29 de agosto de 2011

    E agora!!! será que o tricolor dos pampas embala, na ordem crescente, é claro!!!??? luiz orvarino – pato branco pr.

    Responder
  2. sergio
    29 de agosto de 2011

    eu como um gremista sinto saudades do tempo que o gremio era temido por qualque time do brasil ou la fora ja nao tem jogador jogando mais com raca que e a marca do nosso gremio mais ainda tenho orgulho de vestir essa camisa linda

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*