Inter frita o Galo na Arena do Jacaré

Com gols de Damião, Zé Roberto, D’Alessandro e Oscar, o Internacional  aplicou 4 a 0 no Atlético-MG, manteve a invencibilidade de Falcão, fora de casa, e instalou uma grande crise na equipe de Minas Gerais.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Inter manteve a invencibilidade do técnico Falcão, longe do Beira-Rio, com uma grande goleada diante do Atlético-MG. O quarteto ofensivo Damião, Zé Roberto, D’Alessandro e Oscar marcou os gols que renderam a vitória colorada, que faz o time do ídolo Falcão chegar aos 12 pontos na tabela, ficando a quatro pontos da liderança e deixando o Grêmio outros quatro atrás.

Já o Galo caiu para o 13º e manteve os oito pontos. Esta foi a quinta partida sem derrota dos gaúchos, contra a quinta sem triunfo da equipe mineira após sete rodadas do Brasileiro.

O jogo desta quinta-feira, 30, na Arena do Jacaré, iniciou com as duas equipes buscando trocar passes com muita velocidade e objetividade, para abrir o placar. Logo aos 3 minutos Zé Roberto fez grande jogada pela direita, passou por Guilherme Santos, invadiu a área e cruzou para Leandro Damião. Rever, ex-zagueiro do Grêmio, antecipou o lance e cortou para escanteio.

Aos 8 minutos, depois de bobeada da zaga do Galo, Zé Roberto roubou a bola e deixou Leandro Damião na cara do gol. O atacante colorado soltou uma bomba, mas Renan Ribeiro defendeu em dois tempos.

O Atlético-MG respondeu as investidas do Inter aos 20 minutos, quando Richarlyson aproveitou uma sobra na entrada da área e soltou uma bomba de canhota. Para azar dos atleticanos o chute saiu sobre o gol de Muriel. Depois desse lance as duas equipes se revezavam em chutes de longe, mas sem levar perigos aos dois goleiros.

Segundo tempo – As duas equipes voltaram do intervalo sem modificações e mantiveram a busca do gol. Logo aos 2 minutos, Daniel Carvalho cobrou falta e acertou o travessão de Muriel.

Mas o lance foi prejudicial para o Atlético-MG, pois serviu para despertar a qualidade colorada, que em dois minutos fez dois gols-relâmpagos. Aos 9 minutos, D`Alessandro cobrou falta, Renan Ribeiro não segurou, e Leandro Damião aproveitou o rebote para abrir o placar. Na saída de bola dos mineiros, o Inter roubou a bola, trocou passes até chegar em Kleber, que fez um cruzamento perfeito para Zé Roberto ampliar de cabeça.

Os gols transformaram a esperança da torcida atleticana em indignação. Vaiando muito o time e chamando o técnico Dorival Jr de burro, os torcedores protestavam atrás da casa mata. O Colorado foi inteligente e ficou no campo de defesa esperando a hora certa para contra-atacar e dar o bote fatal, o que conseguiu mais duas vezes.

Aos 30 minutos, Oscar atravessou o campo com a bola dominada e rolou para D´Alessandro, que na cara do gol, ampliou o placar.

Quatro minutos depois, foi a vez de Leandro Damião se livra facilmente de Rever, invadir a área e chutar para Renan Ribeiro espalmar. Mas a sobra ficou para Oscar, que  da entrada da área chutou colocado, entre o goleiro e o zagueiro e finalizou o Atlético-MG.

A goleada perturbou os jogadores mineiros e o lateral-esquerdo Guilherme Santos agrediu o argentino Bolatti e foi expulso.

No fim, a torcida mineira ainda gritou olé e protestou contra o time. Após o apito final, alguns foram para o alambrado com notas em punho. Já o técnico Falcão comemorou a seqüência de boas atuações de sua equipe e revelou ter ficado impressionado em alguns lances.

“Nestes dois últimos jogos, o time teve uma atuação de luxo. O time fez lances que impressionaram. O terceiro gol me encheu os olhos. Isto é futebol coletivo. Estou muito satisfeito com a vitória”, disse o técnico Falcão.

Agora às duas equipes voltam a campo somente na próxima quarta-feira, 06, quando o Inter recebe o lanterna Atlético-PR, no Beira-Rio, às 19h30min. Um pouco mais tarde, às 21h50min, o Atlético-MG encara o Ceará, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Ficha do Jogo:

Confira a classificação depois da 7° rodada:

FOTO: reprodução / internacional.com.br

Compartilhar

Inter enfrenta o Atlético-MG para subir na “gangorra” Gre-Nal e na tabela de classificação

Avançar »

Argentina só empata na estréia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*