Timão vira e derrota o Grêmio no Olímpico

Mesmo saindo na frente na estréia, Tricolor não conseguiu superar o Corinthians, que chegou à virada no segundo tempo e calou pouco mais de 20 mil gremistas neste domingo.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A estréia do Grêmio no Brasileirão 2001 não apagou o vice campeonato do Gauchão e ainda aumentou a desconfiança da torcida para a disputa da competição nacional.

Pouco mais de 22 mil gremistas foram ao estádio Olímpico para acompanhar e apoiar o time na primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2011. Com as duas equipes no esquema 4-4-2, o primeiro tempo foi de muita marcação e pouca criação, transformando os goleiros Victor e Julio Cesar dois privilegiados espectadores.

Já na segunda etapa o jogo foi muito movimentado e contou com uma “ajudinha” do árbitro Nielson Nogueira Dias, que erradamente, assinalou uma penalidade para o Grêmio.  O erro do pernambucano aconteceu logo aos 10 minutos, quando o jovem Leandro invadiu a área e nitidamente se jogou ao solo, iludindo o árbitro que assinalou pênalti. Depois de muita reclamação dos jogadores da equipe paulista, o meia Douglas foi para a cobrança e deslocou Julio Cesar, fazendo 1 a 0 para o Grêmio.

Mas a equipe do técnico Renato Gaúcho não teve nem tempo para comemorar. Oito minutos após sofrer o gol, o veterano Liedson encarou Lúcio e depois de fazer um lindo drible, foi derrubado pelo gremista. Pênalti duvidoso, mas assinalado por Nielson, que o capitão Chicão converteu para empatar o jogo. Após o jogo, na saída de campo, Lúcio esclareceu a dúvida e disse que fez pênalti.

“Tivemos falhas coletivas, mas no lance do pênalti foi falha minha. Eu toquei no Liédson. Mas vamos trabalhar e corrigir isso aí, principalmente não podemos proporcionar esses contra-ataques que o Corinthians teve hoje”, disse Lúcio.

O gol fez o Timão acreditar na vitória e preocupou a torcida tricolor, que conta com o fator local para conquiste a vaga na Taça Libertadores de 2012. Porém, aos 29 minutos, a preocupação da torcida azul foi transformada em desespero. Após uma cobrança de lateral, o veterano meia Danilo, que havia entrado em lugar de Morais, ganhou da defesa de cabeça e fez uma bela assistência para o atacante Liedson, que de voleio, marcou o gol da vitória corintiana.

Após o jogo, o técnico Renato Gaúcho falou, mais uma vez, que o Grêmio precisa de reforços. As três últimas derrotas do Grêmio, para Universidad Católica, ainda na Libertadores, para o Inter, na final do Gauchão, e neste domingo para o Corinthians, na estréia pelo Brasileirão, aumentou a pressão da torcida que exigem reforços e vitórias.

“Precisamos de gente cascuda, que o torcedor e o adversário respeite, que saiba conduzir o jogo, saiba segurar, passar confiança aos jovens. Tem que mesclar, é isso que está faltando, e estamos em busca disso”, avisou Renato.

Na segunda rodada, as duas equipes voltam a jogar às 16h de domingo, contra os paranaenses da Primeira Divisão. Em Curitiba, o Grêmio visita o Atlético-PR; e em São Paulo o Corinthians recebe o Coritiba.

FOTO: Agência Estado

Compartilhar

Inter inicia na Vila a luta pelo tetracampeonato

Avançar »

SALÃO DE ARTES DE NOVO HAMBURGO – 2º ARTE/SAPATO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*