• Visualizações 1236

Que venha a Holanda! Brasil vence o Chile e, enfim, convence

VEJA OS GOLS! Goleada de 3 a 0 sobre os chilenos vale vaga às quartas-de-final na Copa da África do Sul. Adversários são os holandeses, na sexta-feira, 11 horas da manhã. –

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nada melhor do que um joguinho contra o Chile para por ordem na casa de vez. Dunga que o diga!

Leia Mais

Holanda já está nas quartas-de-final e espera pelo Brasil

São seis jogos do capitão do tetra à frente da Seleção Brasileira contra os chilenos e seis vitórias. A mais importante, nesta segunda-feira, dia 28, no estádio Ellis Park, em Joanesburgo: 3 a 0 e classificação garantida às quartas-de-final da Copa do Mundo 2010.

O Brasil ainda não tinha feito uma grande exibição no Mundial da África do Sul. Como o que vale é o mata-mata, ela veio na hora certa. Para assustar a assustadora Holanda, adversária da próxima sexta-feira, 02 de julho. Anote aí. A bola rola às 11 horas da manhã (horário de Brasília), no estádio Nelson Mandela Bay, em Porto Elizabeth, e vale vaga às semifinais. O Portal novohamburgo.org segue acompanhando.

LARANJA MECÂNICA – O sonho do hexacampeonato passa agora pelos herdeiros da “laranja mecânica”. Um confronto decisivo que já está entrando para a história das Copas. Em 1974, a Holanda levou a melhor nas semifinais. O Brasil saiu vitorioso 20 anos depois, na campanha do tetracampeonato, nas quartas-de-final, e repetiu o sucesso nos pênaltis, em 1998, de novo nas semifinais.

Freguês sempre tem razão

Sabe aquele ditado que diz que “o freguês sempre tem razão”? Os brasileiros fizeram questão de honrá-lo no começo do jogo. Se o Chile gosta de jogar no ataque, o Brasil o deixava a vontade. Contra-atacava.

Só que nos primeiros minutos não deu resultado e os chilenos chegaram a ter mais posse de bola. Até que aos 34 minutos, enfim, uma das jogadas mais trabalhadas por Dunga deu resultado. Maicon cobrou escanteio e Juan, de cabeça, abriu o placar.

Cabia ao Chile intensificar os ataques em busca do empate. Era o que precisava para o contra-ataque verde-amarelo encaixar. Encaixou aos 37 minutos. Robinho avançou pela esquerda, deu para Kaká, que, de primeira, deixou Luis Fabiano na cara do gol para driblar o golerio Bravo e fazer 2 a 0. É o terceiro dele na Copa do Mundo.

MELHOR EM CAMPO – A Fifa escolheria Robinho (foto) o melhor em campo no final. Não por acaso. A bola rolava há 14 minutos na etapa final quando Ramires roubou a bola no meio-campo, avançou em velocidade e, depois de grande jogada, deixou o atacante de frente para Bravo. Robinho teve apenas o trabalho de deslocar o goleiro e fazer o terceiro do Brasil na partida e seu primeiro em Mundiais. Final: 3 a 0.

Veja os gols nas imagens da Rede Globo:

FOTOS: AFP

Compartilhar

Proibida a reprodução de lances polêmicos em telões

Avançar »

Copa do Mundo altera horários no comércio hamburguense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*