• Visualizações 932

Uruguai afasta os Bafana Bafana do sonho de serem campeões

VEJA OS GOLS! Com a vitória de 3×0, os uruguaios assumem a liderança do Grupo A e fazem com que os anfitriões tenham que contar com outros resultados.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Uruguai empurrou a África do Sul para bem longe do sonho de passar às oitavas de final da Copa do Mundo em casa.

Com dois gols de Diego Forlán e um de Pereira, a Celeste bateu os Bafana Bafana por 3 a 0 nesta quarta-feira, dia 16 de junho, em Pretória, e acabou com um jejum de vitórias em Mundiais que durava desde 1990, assumindo assim a liderança do Grupo A.

Leia Mais

Deu Zebra: Espanha não confirma favoritismo e perde para a Suíça

Chile estréia com vitória sobre Honduras

Para passar de fase, o time de Carlos Alberto Parreira tem que vencer a França na última rodada e ainda torcer por outros resultados.

Nesta quinta, dia 17, os franceses pegam o México, às 15h30m (de Brasília), em Polokwane. As duas seleções têm um ponto, assim como os sul-africanos. O Uruguai soma quatro em duas rodadas.

Na próxima terça, dia 22, os Bafana Bafana fazem o desafio decisivo com a França, em Bloenfonteim, às 11h (de Brasília). No mesmo dia e horário, México e Uruguai se enfrentam em Rustemburgo.

Os gols de Forlán saíram aos 24 do primeiro tempo e aos 35 do segundo. Pereira marcou de cabeça aos 50, no último lance da partida. O destaque foi o uruguaio Suarez, que criou as melhores jogadas da equipe e sofreu com faltas dos adversários, chegando a sangrar dentro do gramado.

EXPULSÃO – O goleiro Khune foi expulso por cometer a penalidade no camisa 9 uruguaio. O velho problema de força ofensiva da África do Sul voltou a aparecer: a primeira defesa do goleiro Muslera só foi feita aos 23 do segundo tempo.

Tabus

Carlos Alberto Parreira e a África do Sul seguem sem quebrar seus tabus. O treinador, que está no sexto Mundial pela quinta seleção diferente, só tem vitórias no comando do Brasil. E os sul-africanos continuam com apenas um triunfo na história da competição: 1 a 0 sobre a Eslovênia, em 2002 (oito partidas, uma vitória, quatro empates e três derrotas).

Veja os gols nas imagens da Rede Globo:

Informações de GloboEsporte.com

FOTO: reprodução / EFE

Compartilhar

Deu Zebra: Espanha não confirma favoritismo e perde para a Suíça

Avançar »

Nasce uma favorita: Argentina mostra suas garras e goleia Coréia do Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*