• Visualizações 992

Gauchão 2010: Noia perde novamente, Grêmio goleia e Inter mantem a ponta

Nóia perde pela quarta vez consecutiva, agora para o Zequinha, Grêmio goleia Universidade com de Borges e Inter vence apertado o lanterna Avenida no Estádio Beira Rio.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

A Taça Fernando Carvalho vai chegando ao fim e as quartas-de-final começam a se definir.

E o que não muda desde o início do Gauchão 2010 é a superioridade da Chave 2 sobre a Chave 1. Só o Grêmio se salva, os demais integrantes do grupo simplesmente não pontuam. Do outro lado, o Inter mesmo invicto ainda não confirmou o primeiro lugar.

O Portal novohamburgo.org conferiu a penúltima rodada do primeiro turno e conta como foi.

São José 3×2 Novo Hamburgo

Jogando no estádio Passo d’Areia, na capital gaúcha, o Novo Hamburgo foi novamente derrotado, desta vez para o São José pelo placar de 3 a 2. Com este resultado o Anilado precisa vencer o Santa Cruz, no Estádio do Vale, para garantir classificação para a próxima fase da competição.

Novo Hamburgo e São José fizeram um jogo muito franco e equilibrado, porém a equipe da capital gaúcha estava com confiança de uma equipe que ainda não foi derrotada na competição. Foi esse fator que fez o Zequinha abrir o placar logo aos 5min com um ableo gol do meia Guilherme.

Sem sentir o gol e com um poder de reação que ainda não tinha apresentado no Gauchão 2010, o Anilado empatou três minutos mais tarde com um golaço do meia Preto, após fazer uma linda jogada individual. Aos 37min o lateral esquerdo Paulinho perdeu a oportunidade de virar o placar para o Noia, após invadir a área e chutar para fora.

Aos 6min da etapa complementar Rangel chutou de fora da área e colocou o São José novamente em vantagem. Logo em seguida Paulinho teve nova chance e desta vez o goleiro Rafael defendeu. O vice-líder do Gauchão 2010 ampliou aos 15min com um golaço do meia Jéferson.

O Novo Hamburgo ainda descontou com Michel, aos 26min, mas a falta de confiança do grupo Anilado não deixou que o Noia conquistasse ao menos um ponto na noite deste domingo, 07.

– Não podemos errar tantos gols, isso faz com que nós não ganhamos os jogos. Vamos trabalhar essa semana e recuperar a confiança para finalizar melhor, relatou o técnico Gilmar Iser.

Ficha do jogo:

São José (3): Rafael; Tairone (Douglas), Alexandre, Gustavo e Juca; Jonas, Guilherme, Pedro (Cassiano) e Jeferson; Beá (Xavier) e Rangel. Técnico Argel.

Novo Hamburgo (2): Nicolas; Emerson, Micael e Edson Borges (Edilson); Wilton Goiano (Michel), Chicão, Márcio Hahn (Juba), Preto e Paulinho; Edimar e Gustavo Papa. Técnico Gilmar Iser

Gols: Guilherme, Rangel e Jéferson (SJ) e Preto (NH)

Árbitro: Anderson Daronco.

Universidade 1×5 Grêmio

O Grêmio atropelou a Universidade no Complexo Esportivo Canoas, na noite deste domingo, 07, no jogo de estréia do meio campo Douglas.

Se o jogo contra a Universidade era um teste para a estréia da Copa do Brasil na próxima quarta-feira, 10, o Grêmio tirou a nota máxima. O tricolor criou as chances que já havia criado nos últimos jogos, mas com muito mais competência para colocar a bola nas redes.

Logo aos 11min Jonas colocou Borges na cara do goleiro Espada e o centroavante não perdoou, com a vantagem no placar o Grêmio ficou mais aliviado das pressões dos últimos jogos e comandou a partida até ampliar novamente com Borges aos 36min.

No segundo tempo o Grêmio voltou ainda mais arrasador e logo depois da saída de bola o atacante Jonas escorou de peito o cruzamento de Lúcio e fez 3 a 0. Mesmo com o jogo já decidido e com uma estréia pela frente, o tricolor não parou e ampliou a goleada com um gol contra do zagueiro Georges, após a cobrança de falta do estreante Douglas.

Apesar da goleada o Grêmio não ficou sem sofrer gol, aos 29min Coelho aproveitou uma cobrança de falta na entrada da área e bateu com força para marcar o gol de honra da Univerisdade, até o momento, o tricolor sofreu gol em todos os jogos do campeonato.

Com o gol sofrido faltava mais um golpe para literalmente finalizar o jogo, as vaias do torcedor e a desconfiança da torcida. Borges fez o seu terceiro gol na partida após driblar toda a defesa do Universidade.

O próximo jogo do Grêmio no Gauchão 2010 será no sábado, 13, às 17h, contra o São José, no Olímpico. Porém na próxima quarta-feira, 10, o tricolor tem a sua estréia na Copa do Brasil diante do Araguaia em Rondonópolis-MT.

Ficha do jogo:

Universidade (1): Espada; Thiago Junio, Anderson e Marquem;  Marcos Tora(Coelho), Doriva, Jé, Leo Dias e Rodolfo(George); Cleiton(Preto); Leandro Rodrigues. Técnico: Lorival Santos.

Grêmio (5): Victor; Mário Fernandes, Rafael Marques, Maurício e Lúcio; Ferdinando(W.Magrão), Fábio Rochemback, Maylson e Douglas (Mithyuê); Jonas(Bergson) e Borges. Técnico: Silas.

Gols: Borges, aos 11 e 36 minutos do primeiro tempo; Jonas, aos 1, George(contra), aos 10, Coelho(Univ) aos 29 e Borges aos 36 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Douglas, Maylson e Ferdinando (Grêmio)

Estádio: Complexo Esportivo Canoas. Data: 07/02/2010. Árbitro: Leonardo Gaciba. Auxiliares: Alexandre Kleiniche e José Inácio de Souza

Internacional 2×1 Avenida

Jogando com o time titular e dentro do Beira-Rio o Inter não fez força para vencer o Avenida, lanterna da competição, mantendo a ponta da Chave 2.

O Inter dominou o jogo do inicio ao fim, ditou o ritmo e perdeu inúmeras chances de gol, sabendo que o gol sairia a qualquer momento o colorado aumentou o ritmo, adiantou ainda mais a marcação e aos 31min o volante Guiñazu roubou a bola na intermediário ofensiva e depois de driblar um adversário colocou Taison na cara do goleiro Vandré para abrir o placar.

Porém novamente o Inter perdeu um atleta por lesão, aos 35min, Índio em uma dividida com Rudi sentiu dores no joelho direito e teve de ser substituído, aos 35. O técnico Jorge Fossati colocou o atacante Edu e trocou o 3-5-2 pelo 4-4-2. A mudança de esquema resultou no segundo gol colorado na partida. Aos 47min Kleber foi ao fundo e cruzou para Edu entrar com bola e tudo para dentro do gol.

O segundo tempo foi de posse de bola colorada, mas sem ambição de ampliar a vantagem. Aproveitando a situação, aos 29min, o Avenida descontou com Emanuel, o meia cobrou falta da intermediaria e o goleiro Lauro aceitou no centro do gol.

Fim de jogo e o Inter continua com a melhor campanha do Gauchão 2010.

Ficha técnica:

Internacional (2): Lauro; Índio (Edu), Bolívar e Danilo Silva; Bruno Silva, Guiñazu, Sandro, Giuliano (Andrezinho) e Kleber; Taison (Walter) e Alecsandro. Técnico: Jorge Fossati.

Avenida (1): Vandré; Rudi, Cassel e Bocha; Barão (Kiko), Diego Martins, Fábio Pinho, Alex Goiano (Pierre), Cinval e Emanuel; Warlley (Zé Anderson). Técnico: Titi.

Gols: Taison, aos 31, Edu, aos 47 do primeiro tempo. Emanuel, aos 29 do segundo tempo.

Cartões amarelos: Kleber, Bruno Silva, Guiñazu e Danilo Silva (Inter); Kiko (Avenida).

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre/RS. Data: 07/02/2010. Árbitro: Jean Pierre Lima. Auxiliares: Jorge Luiz Cardoso e Renata Schaefer. Público pagante: 7.829. Renda: R$ 102.205,00.

FOTO: reprodução / ecnh.com.br / Agência Estado / PFC

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*