Mais um pedágio no litoral gaúcho

Acesso ao Parque da Guarita será cobrado para carros, motos e ônibus a partir desta sexta-feira

Depois do início da cobrança de pedágio no valor de R$ 5,30 na RS-474, em Rolante, surge uma nova tarifa para pesar no bolso do gaúcho que busca aproveitar os balneários de seu litoral. Uma das praias mais belas do Estado, de paisagens únicas e uma vegetação característica, o Parque da Guarita, agora terá seu acesso restrito por um pedágio.

O local fica aberto diariamente, das 8 às 20 horas. A cobrança ocorrerá todos os dias, até o final da temporada. Ficam isentos os veranistas que ingressarem a pé no Parque.

Para justificar a cobrança, foram realizadas uma série de melhorias no local, como o cercamento do parque, a reforma da lancheria e a recuperação dos lagos que estavam secos. Um equipe deverá realizar o recolhimento de lixo e a manutenção do ajardinamento de forma permanente.

Quanto custa

Moto: R$ 1,00

Carro: R$ 3,00

Van, micro e motorhome: R$ 15,00

Ônibus: R$ 25,00

Guarita: mar e montanha

O Parque da Guarita, em Torres, é visitado anualmente por milhares de turistas atraídos por uma bela paisagem, formada pelo contraste das torres basálticas com o mar.

Localizado na entrada norte, junto à costa atlântica, o Parque da Guarita, foi criado para ser um cartão de visitas do Estado. É o único lugar da costa gaúcha onde montanha e mar se chocam. Possui cerca de 14 hectares e é uma unidade de conservação brasileira

O falecido agrônomo e ecologista José Lutzenberger, responsável pela implantação do projeto paisagístico de 1973 a 1978, atribuía à Guarita o conceito de possuir o cenário mais belo de nossas praias, consideradas como simples faixas brancas infinitas.

Compartilhar

Cães sem direito à praia

Avançar »

Mortandade atingiu 5 mil peixes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*