• Visualizações 5154

Libertadores 2010: Inter perde jogo, mas ganha vaga e agora é rumo a Abu Dhabi

Colorado agora é o Brasil na decisão da América e também no Mundial de Clubes, que ocorre nos Emirados Árabes, em dezembro. Alecsandro fez o gol salvador, na derrota por 2 a 1.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Abu Dhabi, aí vai o Inter! O Colorado perdeu por 2 a 1, no Morumbi,  para o São Paulo, mas vai à decisão da Taça Libertadores da América contra o Chivas, do México, e já está garantido para tentar o cicampeonato no Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados Árabes, em dezembro.

Jogando contra um Tricolor com espírito de gaúcho e com o estádio pressionando os 90 minutos, o Internacional falhou ao entregar dois gols para o adversário. Só que tinha o centroavante Alecsandro. O camisa 9 sempre foi criticado por boa parte da torcida vermelha, mas segue marcando gols.

E para quem gosta de coincidências, o jogo desta quinta-feira foi recheado delas.  Todas ligadas ao empate por 2 a 2 entre as duas equipes na final da Libertadores de 2006, conquistada pelo Colorado. Primeiro, a falha de Renan, lembrando a de Rogério Ceni quatro anos atrás. Depois, a expulsão de Tinga no segundo tempo, assim como foi naquele ano e, por último, o Inter no Mundial de Clubes.

Agora, os colorados enfrentam o Chivas, no México, na primeira partida da decisão da Taça Libertadores da América na próxima quarta-feira, dia 11. Em função deste jogo, a Confederação Brasileira de Futebol – CBF cancelou o confronto que o Inter teria neste fim de semana, contra o Santos, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão 2010.

O Jogo

Empurrado por sua torcida e pela necessidade de dois gols para sonhar com a final da Libertadores, o São Paulo partiu para cima. O Inter, por sua vez, se defendeu bem, não ficando somente atrás, mas também levando perigo ao gol de Rogério Ceni.

Com três atacantes, dois deles centroavantes, inclusive, o São Paulo explorava a bola aérea e foi em um lance assim que chegou ao seu primeiro gol. Aos 30 minutos, o meia Hernanes cobrou falta para a área, Renan subiu sozinho e falhou feio. Na sequência, a bola sobrou para Alex Silva que abriu o placar de cabeça. O lance fez todo o são-paulino lembrar a falha de Ceni na final da Libertadores de 2006, contra o próprio Inter, e sentir um gostinho de “vingança”.

SEGUNDO TEMPO – Ao som de “frangueiro, frangueiro, frangueiro” para o goleiro Renan, Inter e São Paulo voltaram para a etapa final sem alterações. A torcida paulista que pegava no pé do goleiro nem imaginava que perderia a alegria seis minutos depois.

O zagueiro Miranda derruba Taison na entrada da área do São Paulo, falta para o Inter. D’Alessandro cobra rasteiro e no meio do caminho o centroavante Alecsandro desvia de calcanhar, tirando qualquer possibilidade de defesa de Ceni. O gol Colorado eliminava a possibilidade dos pênaltis e obrigava o São Paulo a fazer mais dois gols para conquistar a classificação.

Dois minutos se passaram e a missão tricolor ficou mais próxima, quando novamente o goleiro Renan socou a bola na direção de um são-paulino. Cleber Santana, de primeira, colocou Ricardo Oliveira na cara do gol e o centroavante não deu chance para Renan, desempatando o jogo. Os jogadores do Inter reclamaram de impedimento, mas o lance foi legal.

Quem pensava que o Inter iria se defender, se enganou. Aos 18 minutos, após cruzamento de Sandro da direita, Tinga teve a chance de fazer o segundo, mas Jean salvou quase em cima da linha. Os colorados reclamaram novamente, desta vez pedindo pênalti.

O jogo já estava dramático, mas Paulo César Tinga resolveu apimentá-lo ainda mais. Aos 34 minutos, o meia foi expulso, assim como na final de 2006, mas desta vez por cometer falta por trás em Junior Cesar. Com a expulsão, o técnico Ricardo Gomes resolveu abrir de vez o São Paulo. Tirou os volantes Rodrigo Souto e Cléber Santana para colocar o atacante Marcelinho Paraíba e o meia Marlos.

Com as mudanças o São Paulo passou a dominar o jogo, mas sempre na bola aérea ou em chutes de longa distância. Sem o resultado que classificaria o tricolor, Gomes tirou Dagoberto e colocou Fernandinho. No fim, até o goleiro Rogério Ceni foi para o ataque, mas na afobação fez falta em Renan e matou o último lance tricolor. Após a cobrança, o árbitro paraguaio Carlos Amarilla apitou o fim do jogo.

FOTOS

reprodução / GloboEsporte.com

arte novohamburgo.org

Compartilhar

Libertadores 2010: Chivas elimina Universidad e coloca um brasileiro no Mundial Interclubes de 2010

Avançar »

Libertadores 2010: De virada, Inter triunfa no México e fica a um empate do bicampeonato

10 comentários

  1. Pedrinho Goulart
    6 de agosto de 2010

    Parabéns, colorados! Nós gremistas sabemos bem o que é ganhar duas vezes a América… Boa sorte com o Celso Roth! Que ele reverta a lógica dessa vez… Ou vocês correm o risco de ser tornar também “vice de tudo”!

    Responder
  2. willian
    6 de agosto de 2010

    o são paulo jogou bem melhor que o inter

    Responder
  3. Terezinha
    6 de agosto de 2010

    O são paulo mostrou qm manda no morumbi, realmente mandou bm: o inter pra final do campaeonato, kkkkkkkkkkkkkk…

    Responder
  4. Edson Francisco
    6 de agosto de 2010

    Boa tarde
    O Inter será Bi da América(2006-2010)e Bi do Mundo.A camisa colorada é uma mística.O Barcelona conhece, O Boca idem, a Inter de Milão idem, o nome já diz é um clube INTERNACIONAL.

    Responder
  5. Edson Francisco
    6 de agosto de 2010

    Boa tarde

    A camisa colorada é uma mística.O Barcelona conhece, O Boca idem, a Inter de Milão idem, o nome já diz é um clube INTERNACIONAL.

    Responder
  6. leonardo
    6 de agosto de 2010

    Voces gremistas sabem porque ja sao vice de tudo neh kkkkk vai demora mais uma eternidade pra voces conseguirem os titulos que o Inter conquistou !!!!

    Responder
  7. Maccartney Martins Agostinho
    6 de agosto de 2010

    uhuuu, vamo vamo inter, agora vamos rumo ao BI TRIPLICE…e mais o brasileirão,lol

    Renan, não se abala pelo 1ºgol sofrido, isso acontece com os melhores, e tu tem capacidade pra mostrar que é o melhor..

    agora vamos mostrar quem realmente é o dono da américa, vamo vamo INTER…..

    Responder
  8. joão carlos boettsche
    7 de agosto de 2010

    ese time é tudo que os adiversarios não querem enfrentar vamo vamo inter

    Responder
  9. 7 de agosto de 2010

    POUCOS AGRETITAVAM NO INTER NO COMESO DA LIBERTADORES MAS NOS COLORADO PROVAMOS QUE NEM SEMPRE NOME GANHA JOGO SE ESTAMOS NA FINAL PORQUE MERESEMOS PARABÉNS INTER RUMO AO VICE

    Responder
  10. Francieli
    9 de agosto de 2010

    Pedrinho Goulart nao seguiremos o mesmo rumo que vocês.
    e Willian, são paulin ganhou na cagada.. erros colorados mas isso acontece… foram sufocados no Beira Rio e não conseguiram nem reverter a historia ganhando com um placar valido em casa para a classificação

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*