• Visualizações 2665

Libertadores 2010: Beira-Rio vai tremer

Inter e São Paulo começam nesta quarta-feira o confronto que definirá o representante brasileiro na decisão . Batalha final é dia 5 de agosto, no estádio do Morumbi.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Chegou a hora de o Beira Rio tremer! Inter e São Paulo iniciam nesta quarta-feira, dia 28, a partir das 21h50min, o confronto que definirá o representante brasileiro na final da Taça Libertadores da América.

A batalha final é no próximo dia 5, também ás 21h50min, só que no estádio do Morumbi, em São Paulo, e o vencedor do confronto brasileiro vai enfrentar o melhor de Chivas Guadalajara, do México, e Universidad de Chile. As duas equipes se enfrentam nesta terça-feira, 27, ás 22h15min (de Brasília), no estádio Asteca, no México. A decisão será no dia 3 de agosto, também ás 22h15min (de Brasília), só que em território chileno.

O roteiro de um jogo decisivo é cercado de expectativa, mistério e segurança reforçada! Portanto, Inter X São Paulo não pode ser diferente e nesta terça-feira, 27, o roteiro começou a ser escrito como manda o figurino.

Expectativa

Primeiro foi à vez de Guiñazu e Ricardo Oliveira, revelarem suas expectativas, sobre a nova oportunidade que ganharam de conquistar a América. Em 2006 os dois jogadores foram eliminados pelo Inter.

Guiñazu jogava no Libertad e foi eliminado na semifinal. Já Ricardo Oliveira chegou à final com o São Paulo, não jogou o último jogo por problemas contratuais e acabou ficando com o vice campeonato.

A eliminação na semifinal doeu em Guiñazu, mas hoje o ex volante do clube paraguaio comemora a nova oportunidade, agora do lado vermelho. “Pensei muito naquele dia. Lembro que falei para minha família que poderia acontecer de não chegar nunca mais a uma semifinal. É tão difícil… Naquele dia, saí chorando mesmo. Tinha perdido uma chance impressionante para minha carreira. Pensei muito nisso. Mas é muita alegria ter chegado agora. Estou deste lado, com essa camiseta, e espero chegar à final, porque seria muito lindo para mim, para minha família”, disse o argentino.

Para Ricardo Oliveira a frustração foi maior, já que o centroavante não disputou último jogo da final em 2006, pois o Bétis não o liberou. Agora o atleta, contratado hoje pelo São Paulo, ganhou uma nova chance, novamente precisando superar o Colorado. Ricardo Gomes confirmou que poderá usar Ricardo Oliveira. “Fiquei muito chateado na época porque era a chance de tentar conquistar um título da Libertadores e não me deixaram jogar. Mas não ficou mágoa. Hoje tenho a oportunidade de jogar a semifinal, e logo contra o Internacional, adversário da decisão de 2006. Eu tinha uma grande ilusão de conseguir o título” revela o, de novo, são-paulino.

Mistério

Os técnicos Celso Roth e Ricardo Gomes se encarregaram da pitada de mistério que envolve o jogo decisivo desta quarta. Roth conta com um time em alta e com muitos jogadores atuando acima da média, já Gomes tem um grupo em baixa e com jogadores sem confiança. Por esses motivos e para não facilitar a vida do rival, os dois técnicos não divulgaram suas escalações, mas falaram de suas dúvidas.

O técnico Colorado revelou que o time do Inter está indefinido em duas vagas. No gol a briga fica entre Pato e Renan e na vaga de Tinga, brigam Giuliano, Andrezinho e Wilson Mathias. “Tenho dito, dentro dessa situação, que a tendência é a sequência de jogos. E continuo dizendo que a tendência é essa, mas sempre tem a situação técnica”, comenta Roth.

Com essa declaração de Roth o Inter deve enfrentar o São Paulo com o seguinte time: Abbondanzieri, Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Sandro, Guiñazu, Giuliano, D’Alessandro e Taison; Alecsandro.

Já o técnico são-paulino despistou a imprensa e não falou sobre um possível time, preferindo falar da saída de Washington, que retornou para o Fluminense, e da contratação de Ricardo Oliveira. “Foi uma opção dele (Washington), e não existe nenhuma espécie de mágoa. Recuperamos um jogador, e agora o Fluminense pegará um atleta pronto”, explica Ricardo Gomes.

“Ele (Ricardo Oliveira) está totalmente recuperado”, informou o treinador. “É um grande jogador, mas não vai começar. Não vou adiantar o time, mas posso garantir que ele não sai jogando. E é uma excelente opção, tem condição de jogar meia hora ou 20 minutos.”

Se mantiver o que vem fazendo nos últimos jogos Gomes deve escalar o São Paulo com: Rogério Ceni; Miranda, Alex Silva e Richarlyson; Jean, Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos e Junior Cesar; Dagoberto e Fernandão.

Segurança Reforçada

O Inter e a Brigada Militar armaram estrutura de clássico Gre-Nal para garantir a segurança das torcidas e evitar confrontos no jogo desta, quarta-feira, 27, pelas semifinais da Taça Libertadores da América.

O pátio do Beira-Rio recebeu tapumes, como acontece no clássico regional, por onde passarão torcedores do São Paulo. Cercados pelas placas de madeira desde fora do estádio, os visitantes não terão contato, nem visual, com os colorados.

Foram vendidos 1,2 mil ingressos para torcedores do São Paulo. A estrutura montada no Beira-Rio deve ser mantida para domingo, 01, quando ocorre o primeiro Gre-Nal do Brasileirão 2010.

FOTOS: reprodução / internacional.com.br / GloboEsporte.com

Compartilhar

Libertadores 2010: Torcedores Colorados brincam na internet com o Polvo Paul

Avançar »

Libertadores 2010: Torcida Colorada transforma Beira-Rio em “inferno”

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*