• Visualizações 3449

Libertadores 2010: Inter pode pegar Estudiantes de La Plata na próxima fase

Cruzamento nas quartas-de-final reeditaria duelo da decisão da Copa Sul-Americana de 2008, quando Colorado saiu campeão.

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Ninguém no Beira Rio falará sobre isso. Por enquanto! O discurso é de concentração total no Banfield, adversário das oitavas-de-final da Libertadores.

Leia Mais

Inter goleia Quito e pega argentinos do Banfield nas oitavas-de-final

Só que pode estar pintando outro adversário argentino na vida dos colorados. Um velho conhecido, aliás. Se passarem às quartas-de-final da competição continental, podem cruzar com o Estudiantes de La Plata, atual campeão da América. Não será fácil derrotá-lo. Como tem melhor campanha, os “hermanos” decidiriam a vaga às semifinais em casa.

Nada que assuste a torcida vermelha. Afinal, em 2008 o Estudiantes de Verón foi o adversário na final da Copa Sul-Americana. Lembra? Resultado: o Inter foi o primeiro e único brasileiro a vencer a competição até hoje. A campanha de marketing à época inclusive ostentava o slogam “Campeão de Tudo!”.

Foram jogos memoráveis do time comandando por Tite na casamata e Nilmar em campo. Vitória por 1 a 0 em La Plata, gol dele (Nilmar), e título conquistado no segundo tempo da prorrogação em Porto Alegre, depois de vitória dos argentinos pelo mesmo placar no tempo normal. Quem fez o gol do título? Nem precisa responder!

Para que o duelo seja reeditado dois anos depois, além do Inter passar pelo Banfield, os argentinos precisam superar o San Luis, do México. Na primeira fase o Estudiantes acabou com 13 pontos e fez a terceira melhor campanha, atrás apenas de Corinthians (16) e São Paulo (13). O Inter foi o sexto melhor, com 12 pontos.

TRAJETÓRIA – E é bom que os colorados se acostumem com as dificuldades. A trajetória para o bicampeonato da América é complicada mesmo. Na hipótese de chegar às semifinais, o adversário pode ser um brasileiro: São Paulo ou Cruzeiro. Talvez o Nacional, do Uruguaio.

A final que a torcida sonha é uma revanche contra o Corinthians – que venceu a Copa do Brasil 2009 sobre o Inter. O Timão luta pelo título inédito no ano de seu centenário. Conforme o regulamento, deve haver cruzamento direto entre times do mesmo país nas semifinais para evitar final de uma só nacionalidade. Caso três brasileiros cheguem lá, no entanto, poderia ocorrer uma decisão verde-amarela, desde que a Conmebol não antecipe os confrontos. 

O caminho dos brasileiros

O Corinthians de Mano Mezes foi o melhor da primeira fase. Decide até o final sempre em seus domínios. Caminho aberto para o título, certo? Nem tanto! O próximo adversário corintiano é nada mais, nada menos, do que o Flamengo, que garantiu vaga às oitavas-de-final somente na combinação de resultados na última rodada, nesta quinta-feira, dia 22.

O São Paulo é que fez valer a segunda melhor campanha e pega o Universitário, do Peru.  Joga a segunda partida no Estádio do Morumbi contra qualquer adversário daqui para a frente, a não ser que cruze com o Corinthians. Outro brasileiro não terá vida fácil. Trata-se do Cruzeiro, que enfrenta o tradicional Nacional, do Uruguai, e decide a classificação fora de casa.

FOTO: Alexandre Lops / S.C. Internacional

Compartilhar

Libertadores 2010: Inter goleia Quito e pega argentinos do Banfield nas oitavas-de-final

Avançar »

Libertadores 2010: Inter enfrenta o Banfield na Argentina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*