Seleção Brasileira: “Periga não passar nem da primeira fase”, avalia Romário

Ex-jogador acredita que conquista do título no ano em que o Brasil sediará o evento “é difícil, mas não impossível”.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Deputado federal e campeão pela Seleção Brasileira em 1994, Romário está preocupado com a preparação do Brasil para o Mundial de 2014, que será disputado em casa.

“Se o Brasil continuar jogando o futebol que vem jogando, periga não passar nem da primeira fase”, avaliou o Baixinho nesta quinta-feira, dia 22. “Não chega a ser um alerta, mas para a Copa a responsabilidade é redobrada por vários motivos.” Sobre a conquista do título em 2014, Romário afirma que “é difícil, mas não impossível”.

O ex-jogador espera, no entanto, que venham “novas safras de jogadores”. “Poderemos fazer uma mescla. Acredito que os jogadores que defendem a Seleção precisam fazer o mesmo que fizeram em seus clubes. Infelizmente isso não vem acontecendo, e não é de agora. Eles jogam bem nos clubes, mas com a camisa do Brasil não fazem o que precisa ser feito. Por isso os resultados não tem sido positivos.”

Informações de Globo Esporte

FOTO: reprodução

Compartilhar

Falta de acordo político adia votação da Lei Geral da Copa para fevereiro

Avançar »

Caixa anuncia aumento na liberação de recursos do FGTS para obras do Mundial

2 comentários

  1. 23 de dezembro de 2011

    Estou de acordo com o Romário para mudar isso temos que tira o Ricardo Teixeira, vamos fazer isso antes que tudo esteja perdido, valeu baixinho vc pode reclamar. a população brasileira tem que brigar pela seleção.

    Responder
  2. alexandre
    16 de agosto de 2012

    romario só vc pode ajuda o nosso pais a ter respeito novamente. assuma os esportes por favor?

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*