• Visualizações 590

Após empate, Enderson diz que Grêmio jogou bem e defende Barcos

Ao longo da coletiva, Enderson foi questionado diversas vezes sobre a titularidade de Barcos. O treinador tratou de defender o camisa 9 acada pergunta.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter)

Nesta quarta-feira, o Tricolor voltou a campo e empatou sem gols com o Goiás na Arena. Após a partida, a entrevista coletiva do técnico Enderson Moreira seguiu o tom daquela no começo de junho: os gols perdidos pelo time.

O treinador defendeu o centroavante Barcos e elogiou a atuação da equipe. Para Enderson, o Grêmio teve uma boa atuação, mas não venceu apenas porque não soube aproveitar as chances de gol. “Fomos merecedores de um outro resultado, mas o futebol nem sempre é justo. É uma retomada, é evidente que ninguém vai voltar voando para a competição. O nosso time foi bem, controlou o jogo e criou várias situações. Mas tem que fazer os gols, as vitórias só aparecem com isso”, disse.

Ao longo da coletiva, Enderson foi questionado diversas vezes sobre a titularidade de Barcos. O treinador tratou de defender o camisa 9 a cada pergunta e disse que precisa passar confiança ao jogador. “Quando for o momento (de trocar), eu vou decidir. Isso não vem com pressão de fora. O jogador pode se recuperar. Qualquer um passa por momento de dificuldade. Se for trocar qualquer hora, isso vai passar dificuldade para o grupo. Vou decidir quando for a hora de trocar”, afirmou o técnico, que garantiu que o fato de Barcos ser o capitão do time não influencia na sua permanência na equipe.

“Não vejo a questão de tirar capitão. Acredito que qualquer um pode ser tirado do time, mas não posso descartar jogador porque está em uma fase ruim. A gente tem que apoiar. Não posso tirar a confiança de jogador. Se fizer isso, o Grêmio vai perder um atleta decisivo. A responsabilidade é minha e não posso compartilhar com vocês. Quando achar que tenho que trocar, vou fazer. Ele está empenhado e tentando melhorar”, avaliou.

Enderson Moreira ainda comentou sobre a estreia de Giuliano, elogiando a atuação do jogador. O técnico ressaltou que espera crescimento da equipe com o entrosamento do meia: “Ele fez uma boa estreia. Vai render mais. Teve envolvimento e acho que ele vai evoluir muito ainda”, analisou.

Informações de cp

FOTO: reprodução / Fabiano do Amaral

 

Compartilhar

Alemanha é a primeira seleção europeia campeã nas Américas

Avançar »

Copa do Brasil | Delegação anilada está em Natal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*