• Visualizações 787

Polícia anuncia prisão de torcedor que jogou banana em Daniel Alves

Insulto provocou uma reação mundial de apoio ao lateral brasileiro, de seu companheiro de time Neymar até a presidente brasileira Dilma Rousseff, passando pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter.

 

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter)

A polícia espanhola prendeu a pessoa que supostamente jogou uma banana contra o lateral brasileiro Daniel Alves, do Barcelona, durante uma partida contra o Villarreal no domingo, válida pela 35ª rodada do campeonato espanhol. “Esta pessoa foi detida”, afirmou um porta-voz da polícia, sem revelar detalhes.

Daniel Alves, de 30 anos, estava pronto para bater um escanteio quando uma banana caiu perto dele no gramado do estádio Madrigal. Imediatamente, o brasileiro pegou a banana, descascou e comeu a fruta antes de dar prosseguimento ao jogo.

Após a partida, que o Barcelona venceu por 3 a 2, o brasileiro afirmou: “Estou há 11 anos na Espanha e 11 anos sofrendo a mesma coisa. No fim, levo com humor”. “Nós não vamos poder mudar isto, infelizmente. Mas se você não dá importância, eles não conseguem seu objetivo”, completou Daniel Alves.

O Villarreal anunciou ter identificado o torcedor responsável pelo insulto racista, que perdeu o título de sócio e está proibido por toda a vida de entrar no estádio. O presidente do clube, Fernando Roig, pediu que a torcida do Villarreal não seja considerada culpada de um ato isolado.

O insulto provocou uma reação mundial de apoio ao lateral brasileiro, de seu companheiro de time Neymar até a presidente brasileira Dilma Rousseff, passando pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter.

Informações de cp/olé

FOTO: reprodução / AFP

 

Compartilhar

Grêmio busca inspiração na Libertadores para eliminar San Lorenzo

Avançar »

Copa do Brasil | Nóia sai na frente do J.Malucelli

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*