• Visualizações 528

Em jogo que vale uma vaga na final do Estadual, Grêmio e Brasil de Pelotas reeditam duelo histórico

No passado o tricolor gaúcho e a equipe xavante protagonizaram momentos épicos dentro de campo. Em 1998, ocorreu o último jogo marcante entre ambas  as equipes, na ocasião o Grêmio, treinado por Lazaroni foi eliminado pelo Brasil de Pelotas

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter) 

Dentro do Gauchão, Grêmio e Brasil de Pelotas já protagonizaram grandes momentos em partidas realizadas tanto no estádio Olímpico quanto no Bento Freitas. O que já foi um embate histórico no passado voltará à tona nesta quarta, dia 26, onde ambos se enfrentam para decidirem uma vaga na final Campeonato Gaúcho, às 19h30min.

Há 15 anos, em 1998, ocorreu o último jogo marcante entre o tricolor gaúcho e a equipe xavante. A partida era válida pelas quartas de final do Estadual, na época o então treinador gremista Sebastião Lazaroni, polemizou alegando que os jogadores do Brasil de atuarem dopados. Na primeira partida, empate em Pelotas em0 a0. Na volta, vitória xavantes por2 a1 com gols de Cléber e Taílson. A eliminação fez com que o treinador gremista fosse demitido.

Porém, em 1997, o Grêmio havia vencido o Brasil. Nesta época o jogo também valia vaga para decisão, a exemplo do jogo desta quarta. Com dois empates, 1 a1 em Rio Grande, e 2 a2 no Olímpico, a disputa foi para os pênaltis, com vitória gremista. Esta história de embates épicos entre os dois clubes surgiu logo no primeiro Campeonato Gaúcho, há quase 100 anos. Em 1919, com ambos campeões das suas regiões, o Brasil goleou na Baixada: 5 a 1.

Devido aos dois rebaixamentos recentes do xavante, em 1999 e 2009, ambas as equipes não se enfrentaram neste período. Quando o clube voltou à elite, entre 2005 e 2009, os confrontos foram apenas pelas fases iniciais, em sua grande maioria com vitórias do Grêmio em seus domínios e na casa do Brasil empates.

Informações de cp

FOTO: Fernando Gomes / Agência RBS / Folhapress

Compartilhar

Thomaz Bellucci irá desfalcar o Brasil em confronto da Copa Davis

Avançar »

Segundo treinador, Michael Phelps pode voltar a competir este ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*