• Visualizações 564

“Não seria injustiça até ganhar o jogo”, afirma Enderson Moreira

Empate contra o Newell’s no fim da partida até empolgou o treinador, que avaliou que os três pontos teriam sido possíveis.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) (Siga no Twitter)

Consistência e velocidade foram duas características do Grêmio aprovadas pelo técnico Enderson Moreira, nesta quarta-feira, dia 19. O empate contra o Newell’s no fim da partida até empolgou o treinador, que avaliou que os três pontos teriam sido possíveis. “Não seria injustiça até ganhar o jogo”, enfatizou.

Como a equipe sofreu o gol, que tornou os minutos finais dramáticos, a igualdade foi um resultado apropriado para o técnico. “Fez justiça pelo tanto que nós jogamos. Sabíamos da qualidade do Newell’s e encaixamos bem a marcação”, comentou Enderson. “Tivemos competência de buscar o empate, importante para a caminhada na Libertadores”, acrescentou.

Ele elogiou bastante a postura dos atletas no provável confronto mais difícil dentro do “grupo da morte” da Libertadores. “Tivemos maturidade para fazer um bom jogo como na Arena. Hoje superamos os momentos mais difíceis colocando a bola no chão o que possibilitou criar oportunidades”, relatou.

Enderson desabafou, ainda, aos que analisaram com pessimismo as chances de classificação após o empate em casa. “Muitos davam como certa nossa derrota, mas a equipe recusou esse placar”, frisou, já projetando títulos: “Damos passos consistentes para chegar a conquistas neste ano”.

Informações de cp

FOTO: reprodução / Juan Mabromata / AFP

Compartilhar

Prazo das obras do Beira-Rio se encerra no dia 31

Avançar »

Falcão se aposenta da Seleção de futsal após protestar contra Confederação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*