• Visualizações 608

Clemer culpa arbitragem e Renato cogita Maxi como titular depois de “show”

Colorados reclamaram muito da postura do árbitro Wágner Reway na derrota para o Goiás. No Tricolor, Portaluppi definiu atuação como “um show” e, depois de apontar motivos que fazem gringo ainda ser reserva.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O discurso no vestiário do Inter foi basicamente esse após a derrota por3 a1 para o Goiás, no Serra Dourada. Os jogadores reclamaram muito da postura do árbitro Wágner Reway.

O técnico Clemer também afirmou que o gol em impedimento de Walter, validado no primeiro tempo, atrapalhou a concentração dos colorados durante o jogo. Rafael Moura, na segunda etapa, foi expulso por reclamação, por exemplo.

O gol de Walter, no primeiro tempo, trouxe intranquilidade aos colorados em campo. Assimcomo o cartão vermelho do centroavante, que complicou a situação. Com a derrota, que deixou o Goiás em terceiro colocado, o Inter fica a quatro pontos da zona de rebaixamento e se complicou no Brasileirão.

Com 45 pontos, o Inter é o 11º na tabela do Brasileirão e está a apenas quatro pontos do primeiro na zona de rebaixamento, exatamente o adversário do próximo domingo no Centenário, o Coritiba.

Show de Maxi Rodríguez

O meia Maxi Rodríguez foi o grande nome da vitória gremista de2 a1 sobre o Flamengo neste domingo. Autor de dois golaços, o meia garantiu ao Grêmio o triunfo que coloca o time novamente na vice-liderança do Brasileirão.

Após a partida, o técnico Portaluppi definiu a atuação como “um show” e, depois de apontar os motivos que fazem o gringo ainda ser reserva, deixou aberta a possibilidade dele ganhar uma oportunidade como titular diante da Ponte Preta no próximo domingo.

“Se ele vai começar? Eu não vou mudar nenhuma palavra minha. Ele entrou hoje, deu um show e nos ajudou bastante. Pode até ser que apareça na próxima rodada ou nas duas últimas partidas. Não vou prometer nada para vocês. É o que falei, quando ele entra, rende muito mais, pois pega o adversário mais casando. Hoje eu quero descansar a minha cabeça. Deixa passar segunda e terça, a gente esfriar bem a cabeça que a partir de quarta começo a pensar no time”, completou.

Ainda na saída de campo, Maxi Rodríguez se mostrou tranquilo com sua situação no Grêmio. O uruguaio afirmou que o técnico é quem decide se ele vai iniciar jogando e ressaltou que seu pensamento está no coletivo. “O importante é que ganhe o Grêmio. O mais importante é que seguimos brigando para chegar na Libertadores. Tentamos sempre fazer o melhor para que o clube vença. O Renato é quem decide. Ele que faça o que que está fazendo. Ele pensa que eu rendo melhor no segundo tem o eu estou buscando fazer o melhor possível”, afirmou o meia.

Informações de CP

FOTO: reprodução / Alexandre Lops / SCI

Compartilhar

Movimento Bom Senso FC lamenta “tentativa de censura” na partida entre São Paulo e Flamengo

Avançar »

Inter nega briga no vestiário após derrota para o Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*