• Visualizações 496

Dupla Gre-Nal | Para Dunga, Inter “não pode seguir assim” e Renato define vitória do Grêmio como “fantástica”

Depois de mais uma derrota colorada, técnico do Inter fez uma espécie de ultimato ao grupo. No Grêmio, treinador ressalta que campeonato não está definido e afirma que Grêmio ainda briga pelo título.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O técnico Renato Portaluppi classificou a vitória de 1 a0 sobre o São Paulo neste domingo como “fantástica”. O treinador gremista avaliou a atuação da equipe como boa taticamente e elogiou o oportunismo do time para aproveitar uma das poucas oportunidades criadas para sair do Morumbi com os três pontos. A empolgação com o resultado fez o comandante tricolor voltar a falar na possibilidade de título do Brasileirão.

“Classifiquei no vestiário essa vitória como fantástica. Enfrentamos uma grande equipe, com jogadores de nível de seleção e um grande treinador. A equipe esteve taticamente muito bem, como havia sido contra o Corinthians. O São Paulo teve as melhores oportunidades, nós não tivemos muitas, mas conseguimos fazer o gol. São três pontos muito importantes. No momento, o Grêmio é o segundo no campeonato. Não tenho o que reclamar da minha equipe”, declarou o treinador, que mantém a esperança de conquistar o título da competição.

“O nosso objetivo é de buscar o título. O Cruzeiro ainda não é o campeão. Agora, com a nossa vitória, a diferença foi para oito pontos. Não só o Grêmio, como o Botafogo, o Atlético-PR e outras equipes que estão atrás ainda buscam isso. O campeonato não está definido. A gente tem que estar no grupo da frente, dentro do G4 para no final ver no que vai dar. A gente ainda briga pelo título sim. É difícil? É, mas a gente está nessa briga”, prosseguiu.

Mais uma derrota

Depois de mais uma derrota em casa e de ver seu time tomar gols pela tal “falta de atenção” contra o Cruzeiro, o técnico do Inter, Dunga, fez uma espécie de ultimato ao grupo. “Não podemos mais sair e ter que correr o dobro para buscar resultado”, enfatizou.

Ele salientou que o Inter consegue marcar as principais jogadas dos adversários e produzir ofensivamente, mas vê seus planos atrapalhados por lances pontuais. “Vem duas bolas em gol e tomamos. Isso terá de mudar, não pode seguir assim. Um mês é tempo demais”, criticou Dunga. “É acaso do jogo, mas precisa ter uma solução”, reforçou.

Apesar de zerar os pontos de mais uma partida com mando de campo, Dunga destacou alguns aspectos positivos do time, após fazer mudanças, tirando medalhões e colocando os jovens para dar velocidade. “Se falarmos do resultado, não nos agrada. Mas como volume de jogo, era contra o líder do campeonato e atuamos de igual para igual”, avaliou o técnico.

“A gente não está satisfeito pelo resultado, queríamos ganhar. Mas no que se queria colocar em prática, com movimentação do Otavio e do Caio, a equipe se portou bem. Tínhamos mais oportunidades que o Cruzeiro”, relatou Dunga.

Informações de CP

FOTO: reprodução / esporte.uol.com.br

Compartilhar

Ronaldinho Gaúcho sofre lesão na coxa direita e pode desfalcar Atlético-MG no Mundial

Avançar »

Para Renato Gaúcho, Zé Roberto deve sair do Grêmio se tiver uma proposta melhor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*