• Visualizações 558

Dunga cobra marcação “mais apertada” da defesa do Inter

Colorado sofreu dois gols do Salgueiro em empate pela Copa do Brasil. Treinador observou os erros da defesa e pretende corrigi-los nos próximos treinos. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Embora estivesse com time reserva, o empate em 2 a 2 do Inter contra o Salgueiro não foi aprovado pelo técnico Dunga. A equipe cometeu desatenções durante a partida e sofreu dois gols do adversário, que está série D do Campeonato Brasileiro.

O treinador observou os erros da defesa e pretende corrigi-los nos próximos treinos.

“Está faltando uma marcação mais apertada. Os gols não foram em contra-ataques, ocorreram no nosso campo. Por isso, a gente não pode deixar o adversário tão solto, com espaço”, analisou. “Sou o treinador e a responsabilidade é minha por isso. A gente está tendo um pouco dificuldade. Temos que recuperar o time na base da conversa, mostrando vídeos e nos treinamentos”, acrescentou o treinador.

Por causa da goleada na primeira partida, Dunga mandou uma equipe mista a campo e poupou alguns jogadores. “Sabíamos que no início o Inter teria um pouco de dificuldade por causa da troca de jogadores e pressão que o Salgueiro ia colocar. Conseguimos fazer o gol, mas tomamos no segundo tempo. Depois tivemos um pouco de dificuldade”, comentou.

Na próxima fase o adversário é o Atlético-PR. A equipe goleou o Palmeiras na quarta e conseguiu um empate com o Inter em jogo pelo Brasileirão. O comandante colorado espera um confronto difícil. “É um time competitivo e a gente vai ter que jogar. Mas tenho dito que esse é um ano complicado, porque a gente sempre atua fora de casa”, observou.

Informações de CP

FOTO: reprodução / Alexandre Lops / Inter

Compartilhar

Após vaga, Renato bate palmas e valoriza grupo

Avançar »

Grêmio viaja para Goiás com dois desfalques

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*