• Visualizações 618

Conmebol suspende Luxemburgo por seis jogos devido à confusão no Chile

Técnico só voltaria a comandar a equipe na casamata em eventual decisão da Libertadores. Entidade também puniu o auxiliar técnico Emerson da Rosa em oito partidas e o zagueiro Douglas Grolli em cinco jogos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Conmebol anunciou através de seu site oficial a punição em seis jogos ao técnico Vanderlei Luxemburgo devido aos incidentes ocorridos após o jogo contra o Huachipato, no Chile, pela Libertadores.

Na saída do campo depois do empate que garantiu o Grêmio nas oitavas de final da Libertadores, as imagens mostraram uma discussão entre Luxemburgo e um integrante da comissão técnica do time rival – o treinador brasileiro fez gestos ironizando o funcionário do Huachipato e correu em direção ao túnel dos vestiários. No mesmo momento, o treinador Jorge Pellicer partia em direção ao colega de profissão gritando .

O treinador brasileiro chegou a escorregar no gramado, cair e quase foi agredido por atletas rivais. Depois da confusão, Luxemburgo negou ter provocado a comissão técnica adversária, os funcionários do time chileno acusaram o gremista de ter provocado a confusão ao dizer que o Huachipato sairia de férias com a eliminação na Libertadores.

No entanto, segundo a Conmebol, Luxemburgo foi enquadrado no artigo 10.1.a do Regulamento da Conmebol, por “conduta antidesportiva contra jogadores rivais ou outras pessoas que não sejam os oficiais da partida, pronunciando termos ou expressões atentatórios ao decoro ou à dignidade ou empregando gestos ou atitudes contrários à boa ordem desportiva”. A pena mínima era de um jogo de suspensão.

Com o gancho de seis partidas, o treinador só poderá retornar ao banco de reservas caso o Grêmio alcance a final. A comissão técnica tricolor ficará ainda mais desfalcada, uma vez que o auxiliar Emerson recebeu um gancho ainda maior – oito jogos.

Edição de 2013 da Libertadores, já levou a Conmebol a punir também o Corinthians, que durante o primeiro tempo da partida contra o San José, válida pela primeira fase da competição, o torcedor boliviano Kevin Beltran Espada, de 14 anos, foi atingido no rosto por um artefato, que acabou provocando sua morte ainda no estádio.

[poll]124[/poll]

Informações de Zero Hora / Terra

FOTO: reprodução / Zero Hora

Compartilhar

Flamengo acerta com Moreno por empréstimo até o fim de 2013

Avançar »

Punido, Luxemburgo vê injustiça e Grêmio recorrerá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*