• Visualizações 624

Após derrota contra o Caracas, Luxembrugo reconhece mau desempenho do Grêmio

“Nós entramos em campo relaxados demais. Depois de fazermos o primeiro gol, achamos que o jogo estava ganho”, disse o zagueiro Cris, reconhecendo que o Grêmio errou em entrar em campo relaxado demais.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Desta vez a culpa não foi do gramado. O Grêmio perdeu para o Caracas por2 a1 na Venezuela  nesta terça-feira, dia 12. Segundo o técnico Vanderlei Luxemburgo, o time não teve a capacidade de matar o jogo quando necessário.

“Nosso time começou muito bem, ligado dentro do jogo. Conseguimos a vantagem e tentamos fazer o segundo gol no primeiro tempo. Mas a gente estava mal posicionado. Numa Libertadores, se fez a vantagem, tem que furar a bola, saber jogar de acordo com o gramado. Nós erramos.”, afirmou Luxa.

A derrota não poderia ser justificada pelo gramado esburacado do estádio da Universidad Central da Venezuela, que causou polêmica. Isso por que o Grêmio jogou forte durante o primeiro tempo e as condições do terreno não atrapalharam.  O treinador gremista afirmou que o time apagou no segundo tempo, o que levou à derrota.

Para ele, o Caracas soube tirar proveito do fator local para conquistar os três pontos: “Tem que valorizar o Caracas, que é um time bem organizado e sabe usar o campo aqui. Se não entrar para jogar, não ganha”.

“Se quiser ganhar uma Libertadores, terá que jogar em campo apertado, contra árbitro, uma série de coisas. Tentamos jogar como se não estivéssemos numa Libertadores. Tem que identificar o árbitro, o ambiente, tudo. Essa é uma competição distinta”, avaliou o comandante gremista.

O zagueiro Cris reconheceu que o Grêmio pecou por entrar relaxado demaisem campo. “Nósvimos um time do Caracas dando a vida. Eles tinham condições de brigar pela vaga. Nós entramos em campo relaxados demais. Depois de fazermos o primeiro gol, achamos que o jogo estava ganho. Futebol não é mais assim. Não tem jogo fácil, todos são difíceis”, ressaltou o defensor.

Após a derrota para o Caracas, o Grêmio segue com seis pontos, em segundo lugar do Grupo 8 da Libertadores. O time de Vanderlei Luxemburgo volta a campo pela Libertadores em 10 de abril, contra o Fluminense, na Arena.

Na disputa, o Grêmio não contará com Elano, que recebeu seu terceiro cartão amarelo. “É um jogador que faz a diferença. Tem qualidade na metida de bola, na bola parada. Agora é preparar o time no Gauchão. Vamos fazer algumas coisas visando ao jogo contra o Fluminense”, declarou Luxemburgo.

Informações de Zero Hora / Correio do Povo

FOTO: Ronaldo Schemidt / reprodução


Compartilhar

Ronaldinho Gaúcho é homenageado na Bolívia

Avançar »

CBF confirma amistoso contra a Bolívia para 05 de abril

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*