• Visualizações 495

Brasileiros na Antártica comemoram vitória do Corinthians no Mundial

Com a conquista do Corinthians neste domingo, são dez títulos brasileiros, que consagram o Brasil como maior vencedor do Mundial de Clubes.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O hino do Corinthians foi a música mais ouvida neste domingo, dia 16, pelos militares que estão na Antártica a bordo do navio Polar Almirante Maximiano, após a vitória de 1 a 0 do time paulista sobre o Chelsea no Mundial de Clubes da Fifa, em partida realizada em Yokohama, no Japão.

Até os pinguins que vivem na área próxima ao local onde está ancorada a embarcação devem ter escutado o tema do “Timão”. O navio está no continente para ajudar na reconstrução da Base Antártica Comandante Ferraz, destruída por um incêndio no fim de fevereiro.

Estão embarcados os suboficiais Nilton de Faria Junior, de 45 anos, e Fernando José de Oliveira, de 50, e os terceiros-sargentos José Robson de Souza, de 33 anos, e Manoel Rui do Nascimento Filho, de 31, que comemoraram o bicampeonato mundial.

De acordo com a Marinha, os corintianos comemoraram com os colegas a vitória e conversaram com familiares que estão no Brasil sobre o episódio. Após o jogo, camisas e outros apetrechos do Corinthians passaram a ser utilizados pelos militares.

Vitória anunciada por SMS

Mais ao extremo do continente gelado, uma mensagem de SMS enviada a pesquisadores brasileiros que estão a 666 km de distância do Polo Sul, anunciou a vitória a um grupo com quatro pesquisadores que acompanha o funcionamento do módulo Criosfera 1, instalado no interior da Antártica, a 6.608 km do Rio de Janeiro, para monitoramento meteorológico e coleta de informações sobre o impacto da mudança climática no continente. A equipe deve retornar ao Brasil no dia 10 de janeiro.

Na última sexta-feira, dia 14, os corintianos Marcelo Sampaio, do INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, e Franco Villela, do Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia, contaram sobre a expectativa para a partida e explicaram que tentariam ouvir o jogo com a ajuda de um rádio de ondas curtas, já que no local não há acesso a internet, nem a televisão.

No entanto, de acordo com Sampaio, o rádio não funcionou. “A gente só ouvia chiado, não dava para entender quase nada. Por conta disso, recebíamos mensagens pelo telefone via satélite sobre o andamento do jogo”, disse o pesquisador ao G1 nesta segunda-feira, dia 17, por meio de ligação via satélite.

Maior Vencedor

O Brasil é o maior vencedor do Mundial de Clubes. Com a conquista do Corinthians neste domingo, são dez títulos brasileiros. Além disso, o país tem a maior variedade de campeões, os dez títulos são divididos entre seis clubes: São Paulo (1992, 1993 e 2005), Corinthians (2000 e 2012), Santos (1962 e 1963), Flamengo (1981), Grêmio (1983) e Internacional (2006).

Atrás do Brasil estão Itália e Argentina, com nove títulos cada. Nas competições organizadas pela Fifa, a vantagem também é brasileira. São quatro títulos do país, contra dois da Espanha, dois da Itália e um da Inglaterra.

Número de títulos por país:

Brasil – 10
Itália – 9
Argentina – 9
Espanha – 6
Uruguai – 6
Alemanha – 3
Holanda – 3
Portugal – 2
Inglaterra – 2
Sérvia – 1
Paraguai – 1

Informações de Portal G1 / Zero Hora

FOTO:   divulgação / Marinha do Brasil

Compartilhar

Inter corrige gramado e centraliza campo em reforma do Beira-Rio

Avançar »

Odone rebate Fábio Koff: “O torcedor pode se orgulhar, a Arena é sua, é nossa”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*