• Visualizações 598

Brasil convence no 4 a 0 contra o Japão

Seleção ganha força para os próximos compromissos. Em novembro, se reúne com todos os jogadores disponíveis para o amistoso contra a Colômbia. No dia 21, encara a Argentina.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O Brasil fez 4 a 0 no Japão, nesta terça-feira, dia 16, e conseguiu a terceira goleada seguida em um amistoso realizado na Polônia com o time completo.

A Seleção convenceu diante de um rival mais qualificado que o Iraque e deu força para o novo esquema de Mano Menezes, agora com Kaká, Oscar, Neymar e Hulk no comando de ataque. O time asiático tem jogadores em diversos clubes europeus. Kagawa e Nagatomo, por exemplo, defendem Manchester United e Inter de Milão, respectivamente. No último fim de semana, a equipe do Japão bateu a França em Paris por 1 a 0, dando mostras de que poderia ser um rival perigoso para a seleção.

A mistura de jogadores do Brasil ainda teve Paulinho e Ramires, que formaram a dupla de volantes. E foi Paulinho quem abriu o placar aos 11 minutos. O segundo saiu em um pênalti. Aos 20 minutos, Kaká recebeu de Adriano na área, e viu a bola parar no zagueiro, que fez um corte pelo chão. O árbitro viu toque de mão no lance, marcou pênalti e Neymar converteu.

No segundo tempo, Neymar foi às redes de novo. Logo aos dois minutos, ele tentou um chute de fora da área e conseguiu o escanteio. Depois da cobrança, dominou no peito e bateu errado, mas viu a bola bater em um zagueiro e entrar no fundo do gol. Kaká fechou a conta aos 30 minutos ao receber no contra-ataque, driblar o zagueiro e bater no canto do goleiro rival.

Honda e Kagawa, os principais atletas ofensivos dos asiáticos, assustaram a defesa do Brasil. Não por acaso, Diego Alves foi obrigado a fazer duas defesas importantes só no primeiro tempo e viu os dois japoneses chegarem perto do gol em momentos diferentes na etapa final.

Em novembro, a seleção se reúne com todos os jogadores disponíveis para o amistoso contra a Colômbia, em Nova Jersey, nos EUA. Em 21 do mesmo mês, encara a Argentina na Bombonera, em Buenos Aires, na revanche do Superclássico das Américas, desta vez só com atletas que atuam no país.

Informações de portal UOL

FOTO: reprodução / Mowa Press

Compartilhar

Fernandão e Fluminense: assuntos para esquecer o fim de semana da dupla Gre-Nal

Avançar »

Após paralisação de três horas e reunião com OAS, operários da Arena do Grêmio voltam ao trabalho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*